Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/89908
Title: NEUROMODULAÇÃO SAGRADA NO TRATAMENTO DA DISFUNÇÃO MICCIONAL
Other Titles: SACRAL NEUROMODULATION AS A TREATMENT FOR URINARY DYSFUNCTION
Authors: Lima, Ana Beatriz Ribeiro Teixeira
Orientador: Caetano, Paulo António Santos Temido
Keywords: neuromodulação sagrada; neuroestimuladores implantáveis; bexiga hiperativa; retenção urinária crónica não obstrutiva; disfunção miccional; sacral neuromodulation; implantable neurostimulators; overactive bladder; chronic nonobstructive urinary retention; urination disorders
Issue Date: 4-Jun-2019
Serial title, monograph or event: NEUROMODULAÇÃO SAGRADA NO TRATAMENTO DA DISFUNÇÃO MICCIONAL
Place of publication or event: Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
Abstract: Introdução: A neuromodulação sagrada consiste numa técnica aprovada como opção terapêutica para o síndrome de bexiga hiperativa e para a retenção urinária crónica não obstrutiva, na abordagem dos doentes refratários ao tratamento conservador. É fundamental avaliar o seu papel pela influência destas patologias na qualidade de vida dos doentes. O objetivo do presente estudo é analisar os resultados deste procedimento no Serviço de Urologia e Transplantação Renal do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra. Métodos: Realizámos uma revisão retrospetiva dos doentes com síndrome de bexiga hiperativa e/ou retenção urinária crónica, submetidos à implantação de neuroestimulador InterStim II®, entre Outubro de 2013 e Maio de 2018, através da consulta dos processos únicos. No caso dos padrões mistos, optámos por considerar a patologia mais predominante. Efetuámos entrevistas telefónicas, para avaliação da resposta clínica, baseada no grau de satisfação e nos sintomas descritos pelos doentes. Resultados: Numa amostra de 25 doentes, as mulheres e os mais jovens referiram estar mais satisfeitos com o procedimento (p=0,025 e p=0,020, respetivamente). Nos 12 doentes com padrão de hiperatividade, os mais satisfeitos foram os que mais reduziram a utilização de pensos (p=0,038) e os que utilizavam menos pensos diários após a neuromodulação (p=0,051). Nos 13 doentes com padrão de retenção, verificou-se uma diminuição tanto do número de algaliados crónicos, como do número médio de cateterismos vesicais intermitentes, não se tendo encontrado uma correlação com o grau de satisfação. Os padrões retencionistas desenvolveram mais infeções do trato urinário após a técnica (p=0,040). Discussão e Conclusão: Este estudo demonstrou que a neuromodulação sagrada é uma alternativa eficaz à toxina botulínica como terapêutica da bexiga hiperativa, tratando-se de um tratamento por vezes definitivo e com benefícios associados, nomeadamente em disfunções urinárias mistas e coloproctológicas. Confirmou-se que o registo de perdas continua a ser um método útil para a avaliação da técnica, uma vez que os doentes mais satisfeitos com hiperatividade foram aqueles que mais reduziram o número de pensos. No caso das retenções, conclui-se que a técnica foi eficaz, pela redução do número de algaliados crónicos e de cateterismos vesicais intermitentes. Resta, no entanto, salientar a heterogeneidade e as reduzidas dimensões desta amostra, assim como a ausência de um método mais objetivo de avaliação de eficácia da técnica.
Introduction: Sacral neuromodulation is a technique approved as a therapeutic option for overactive bladder syndrome and chronic nonobstructive urinary retention, in the approach for refractory conservative treatment. It is essential the assessment of its role because of the significant influence of these disorders on patients' quality of life. The aim of this study is to analyze the results obtained from this procedure in the Urology and Kidney Transplant Department in the University Hospital of Coimbra, Portugal. Methods: We performed a retrospective review of the patients with overactive bladder and chronic urinary retention, undergone the InterStim II® neurostimulator implantation, from October 2013 to May 2018, through the clinical data described in the medical records. In mixed pattern cases, we chose to contemplate the most predominant pathology. We also performed telephone interviews in order to evaluate the clinical response, based on the level of satisfaction and on the patients’ description of the symptoms. Results: In a sample of 25 patients, women and younger patients reported being more satisfied with the procedure (p=0.025 and p=0.020, respectively). In the 12 patients group with hyperactivity pattern, the most satisfied were those who most reduced the use of pads (p=0,038) and who used fewer daily pads after neuromodulation (p=0,051). In the 13 patients group with a retention pattern, there was a decrease both in the number of long-term urinary catheter users and in the mean number of intermittent urinary catheterization, and no correlation was found with the level of satisfaction. Retention patterns developed more urinary tract infections after the technique (p = 0.040). Discussion and Conclusion: This study demonstrated that neuromodulation is an effective alternative to botulinum toxin as a treatment for overactive bladder. It is a treatment that is sometimes definitive and has associated benefits, especially in mixed urinary and coloproctological disorders. It was confirmed that voiding diaries remain a useful method for the evaluation of the technique, since the most satisfied patients with hyperactivity pattern were those who most reduced the number of pads. In the case of retention patterns, we concluded that the technique was efficient by the reduction of the number of long-term urinary catheter users and of the mean number of intermittent urinary catheterizations. However, it is important to note the heterogeneity and the small size of this population, as well as the lack of a more objective method of assessing technique’s efficiency.
Description: Trabalho Final do Mestrado Integrado em Medicina apresentado à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/89908
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
NEUROMODULAÇÃO SAGRADA NO TRATAMENTO DA DISFUNÇÃO MICCIONAL.pdf1.27 MBAdobe PDFEmbargo Access    Request a copy
Show full item record

Page view(s)

12
checked on Sep 24, 2020

Download(s)

2
checked on Sep 24, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons