Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/89906
Title: Governação Local, Envelhecimento Saudável e Ativo na Sociedade Portuguesa - Uma Comparação Autárquica
Other Titles: Comparing Local Government iniciatives for an Healthy and Active Ageing in Portuguese Society
Authors: Brás, Rute Mota
Orientador: Raposo, Víctor Manuel dos Reis
Keywords: Relatório de atividade; envelhecimento; autarquia; envelhecimento ativo; envelhecimento saudável; activity report; aging; local authority; active aging; healthy aging
Issue Date: 14-Oct-2019
Serial title, monograph or event: Governação Local, Envelhecimento Saudável e Ativo na Sociedade Portuguesa - Uma Comparação Autárquica
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Com o crescimento populacional, a nível mundial, principalmente nas faixas acima dos 65 anos, tornou-se empírico a alteração de estratégias e políticas mundiais, para podermos adaptar à nova estratificação demográfica. Não se pode pensar, exclusivamente, em cidades jovens e medidas de apoio à juventude, agora também é vital criar políticas que apoiem o envelhecimento ativo e saudável de toda a população. Contudo, não se pode aplicar exclusivamente medidas mundiais, tem de se criar estratégias que se enquadrem no contexto regional, autárquico e até pessoal. Neste trabalho procurou-se caracterizar a oferta dos municípios portugueses nas áreas do envelhecimento ativo e saudável, pretendendo ser um primeiro contributo para o apoio dos decisores políticos – centrais, regionais e locais – no desenho, implementação e avaliação de políticas relacionadas com a área do envelhecimento. Os primeiros resultados, mostram que apesar de Portugal ser um país de pequenas dimensões, existem realidades muito diferentes de norte a sul. Há regiões com mais políticas e programas de apoio à população idosa do que outras, com mais apoios sociais e até com mais infraestruturas. O ordenamento de infraestruturas e políticas direcionadas para o contexto da população são a chave para que a população mais velha viva com qualidade de vida e com saúde. .
With the growing of the world’s population growth, particularly in the elderly people, the need for change global strategies and policies so that we can adapt to the new demographic stratification. One cannot think exclusively of youth cities and youth support measures, now it’s vital to create new policies that support the active and healthy aging of the entire population. However, global measures cannot be applied exclusively; strategies must be created to fit regional, local and even personal contexts. Although Portugal is a small country, there are quite different realities from north thought south. There are regions with more politics and ageing programs than others, and even with more infrastructure. The infrastructures and policies organizations’, design for old people, is the key for a healthy and better life’s quality. This paper aims to evaluate the offer of Portuguese municipalities in the areas of healthy and active aging, and as such, this work aims to be the first contribution to support politics – nationalities, regionalities and locals -in the design, implementation and evaluation of the ageing policies. .
Description: Dissertação de Mestrado em Gestão e Economia da Saúde apresentada à Faculdade de Economia
URI: http://hdl.handle.net/10316/89906
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação_MGES_Rute Brás_2017177335.pdf3.34 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

15
checked on Oct 1, 2020

Download(s)

26
checked on Oct 1, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons