Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/89897
Title: Impact of Removable Prosthodontics on Oral Healh-Related Quality of Life and Evaluation of Denture Satisfaction
Other Titles: Influência da Prótese Removível na Qualidade de Vida Relacionada com a Saúde Oral e Avaliação da Satisfação Protética
Authors: Abdul, Uneiza Ah-Hoy
Orientador: Moreira, Filipe André Freire da Fonseca
Nicolau, Pedro Miguel Gomes
Keywords: OHRQoL; OHIP-14; Satisfação Protética; Prótese Parcial Removível; Prótese Total Removível; OHRQoL; OHIP-14; Denture Satisfaction; Removable Partial Denture; Removable Complete Denture
Issue Date: 17-Jul-2019
Serial title, monograph or event: Impact of Removable Prosthodontics on Oral Healh-Related Quality of Life and Evaluation of Denture Satisfaction
Place of publication or event: Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra- Departamento de Medicina Dentária
Abstract: INTRODUÇÃO: O objetivo principal deste estudo é avaliar a influência da reabilitação oral protética removível na qualidade de vida dos pacientes através da análise de questionários OHIP-14 preenchidos pelos próprios antes e depois do tratamento. Tem ainda como objetivos secundários avaliar a satisfação dos pacientes quanto às suas reabilitações protéticas 2-3 semanas pós-inserção, comparando-as com os controlos a um ano.MÉTODOS: 259 pacientes da Área de Medicina Dentária da Universidade de Coimbra, com indicação para reabilitação oral protética, preencheram o questionário OHIP-14. Destes, 147 foram reabilitados com prótese removível convencional e, entre a primeira e a terceira consulta de controlo, preencheram novamente o OHIP-14 comparando-o com o anterior, e o QSP para avaliação da satisfação com a reabilitação. Recolheram-se informações como, idade, género, tipo de desdentação, experiência prévia com prótese e tipo de reabilitação realizada. A informação foi analisada utilizando o software SPSS®. RESULTADOS: O estudo demonstrou níveis bons de confiabilidade do questionário OHIP-14, bem como boa adequação da amostra à análise fatorial. Os pacientes com menos de 65 anos, do sexo feminino, reabilitados com prótese total unimaxillar, seguidos dos reabilitados com prótese bimaxillar e prótese parcial removível esquelética foram os que mais beneficiaram com a reabilitação protética segundo o OHRQoL. A reabilitação com prótese parcial acrílica não resultou numa melhoria significativa da qualidade de vida relacionada com a saúde oral. Os níveis de satisfação não diferiram consoante o tipo de reabilitação, idade, género e a experiência prévia com prótese.CONCLUSÃO: O mesmo tratamento pode ter diferentes impactos na OHRQoL de indivíduos parcialmente desdentados, dependendo de sua idade, classificação de Kennedy e género. Não existe diferença estatisticamente significativa entre a satisfação após 1 ano de controlo. Os níveis de satisfação não diferiram para o tipo de reabilitação de acordo com os fatores sociodemográficos estudados: idade, género e antecedentes protéticos.
INTRODUCTION: This study aims to assess the impact of removable rehabilitation on patients' quality of life through the analysis of OHIP-14 questionnaires completed by patients before and after rehabilitation. Secondary objectives were to evaluate patients satisfaction after prosthetic rehabilitation 2-3 weeks post delivery, and compare these outcomes with patients satisfaction at one year follow-up. METHODS: 259 patients from the Dental Medicine Area of the University of Coimbra, with indication for prosthetic oral rehabilitation, fulfilled the OHIP-14 for the evaluation of OHRQoL. Of these, 147 were rehabilitated with conventional removable prosthesis and, between the 1st and 3rd control visits, they fulfilled the OHIP-14 again in comparison with the previous one, and the Denture Satisfaction Questionnaire (DSQ) to assess satisfaction with their rehabilitation. From the clinical history were collected, age, gender, type of edentulism, previous experience with removable dentures and type of rehabilitation performed. The information was analyzed using SPSS® software. RESULTS: The study demonstrated good levels of reliability of the OHIP-14 questionnaire, as well as good adequacy of the sample to the factorial analysis. Patients less than 65 years old, females, who were rehabilitated with unimaxillary total prosthesis, followed by bimaxillary prosthesis and RPD were those that most benefited from prosthetic rehabilitation in the OHRQoL. Rehabilitation with partial acrylic denture did not result in a significant improvement in oral health related quality of life. Regarding prosthetic satisfaction, between a rehabilitation with skeletal or acrylic bimaxillary RPD, there was a statistical significant difference. CONCLUSION: The same treatment can have different impacts on the OHRQoL of partially edentulous individuals depending on their age, kennedy classification and gender. There is no statistical difference related to Denture Satisfaction. Satisfaction levels did not differ for each type of rehabilitation according to sociodemographical factos such as age, gender and previous experience with prosthesis.
Description: Trabalho Final do Mestrado Integrado em Medicina Dentária apresentado à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/89897
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
TESE UNEIZA FINALL.pdf767.95 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons