Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/89879
Title: IMPACTO DA REABILITAÇÃO RESPIRATÓRIA NO PERÍODO PRÉ-CIRÚRGICO NO PÓS-OPERATÓRIO DA RESSECÇÃO PULMONAR
Other Titles: Impact of pulmonary rehabilitation on postoperative period of lung resection surgery, in patients with lung cancer
Authors: Ortiz, Joana Azevedo
Orientador: Cordeiro, Carlos Manuel Silva Robalo
Silva, Daniela Sofia Madama Santos
Keywords: Reabilitação respiratória; Exercício terapêutico; Cirurgia torácica; Neoplasia do pulmão; Pulmonary Rehabilitation; Exercise therapy; Thoracic surgery; Lung neoplasm
Issue Date: 12-Jun-2019
Serial title, monograph or event: IMPACTO DA REABILITAÇÃO RESPIRATÓRIA NO PERÍODO PRÉ-CIRÚRGICO NO PÓS-OPERATÓRIO DA RESSECÇÃO PULMONAR
Place of publication or event: Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
Abstract: A cirurgia de ressecção pulmonar apesar de constituir a melhor opção terapêutica nos doentes em estadios precoces do cancro do pulmão não pequenas células (CPNPC) associa-se a considerável risco de complicações pós-cirúrgicas e significativa mortalidade.A reabilitação respiratória (RR) é uma terapêutica multidisciplinar destinada aos doentes com patologia respiratória crónica sintomática e compromisso pulmonar funcional, que tem como objetivo a redução dos sintomas e uma melhoria física e emocional que se reflita na qualidade de vida destes doentes, e cujos pilares de intervenção são a educação e o exercício físico. Com uma eficácia bem estabelecida nos doentes com doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC), há agora um crescido interesse em entender que papel poderá ter esta terapêutica nos doentes com cancro do pulmão, doentes estes que frequentemente apresentam simultaneamente um diagnóstico de DPOC. Os autores propõem-se a compreender o papel da RR, prévia à cirurgia, na morbilidade pós-cirúrgica dos doentes submetidos a resseção pulmonar, analisando para tal as revisões sistemáticas e meta-análises publicadas nos últimos dez anos sobre a matéria, discutindo os seus resultados sobretudo a nível do impacto na capacidade de exercício, na função pulmonar, na duração do internamento e na incidência de complicações pós-cirúrgicas .
Lung resection, despite being the best therapeutic option in patients with early stages of non-small cell lung cancer (NSCLC), is associated with a considerable risk of post-surgical complications and significant mortality.Pulmonary rehabilitation (PR) is a multidisciplinary therapy for patients with symptomatic chronic respiratory disease and functional pulmonary compromise, which aims to reduce symptoms and a physical and emotional improvement that is reflected in the quality of life of these patients, whose pillars intervention are education and physical exercise. With well-established efficacy in patients with chronic obstructive pulmonary disease (COPD), there is now a growing interest in understanding what role this therapy might play in lung cancer patients, who often have a history of COPD.The authors propose to understand the role of PR, prior to surgery, in the post-surgical morbidity of patients submitted to pulmonary resection, analyzing the systematic reviews and meta-analyzes published in the last ten years on the subject, discussing their results mainly in terms of the impact on exercise capacity, lung function, duration of hospitalization and the incidence of postoperative complications .
Description: Trabalho Final do Mestrado Integrado em Medicina apresentado à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/89879
Rights: closedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
Trabalho final.pdf510.72 kBAdobe PDF    Request a copy
Show full item record

Page view(s)

6
checked on Sep 17, 2020

Download(s)

1
checked on Sep 17, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons