Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/89858
Title: Profilaxia em recém-nascidos na prevenção da transmissão mãe-filho do VIH
Other Titles: Newborn prophylaxis for prevention of mother-to-child transmission of HIV
Authors: Moura, Pedro Pinho
Orientador: Santos, Gustavo Machado Guimarães Januário
Mação, Patrícia Alexandra Batista
Keywords: HIV; recém-nascido; transmissão de mãe para filho; profilaxia; antirretrovirais; HIV; newborn; mother to child transmission; prophylaxis; anti-HIV drugs
Issue Date: 13-Jun-2019
Serial title, monograph or event: Profilaxia em recém-nascidos na prevenção da transmissão mãe-filho do VIH
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Apesar de todos os avanços realizados na últimas décadas, a infeção pelo Vírus da Imunodeficiência Humana (VIH) em idade pediátrica continua a ser uma realidade em todo o mundo, sendo que, atualmente, a vasta maioria dos casos é devida a transmissão mãe-filho. As estratégias preventivas, com destaque para profilaxia pós-exposição neonatal com antirretrovíricos, assumem um papel fulcral na diminuição de novas infeções, possibilitando uma oportunidade única para a eliminação desta doença em gerações futuras. O objetivo deste trabalho foi analisar as últimas publicações e recomendações internacionais, no que diz respeito às diferentes estratégias profiláticas de prevenção da transmissão do VIH mãe-filho. Foram incluídos artigos em língua inglesa publicados desde o ano de 1994, tendo sido dado maior importância àqueles publicados desde o ano de 2010. Recomendações portuguesas e internacionais foram consultadas e incluídas na análise. Em 1994 comprovou-se, pela primeira vez, que a zidovudina era eficaz na diminuição da transmissão do VIH, com redução de 70%, em comparação com o grupo sem intervenção terapêutica. Desde então, outras estratégias a vários níveis têm vindo a ser continuamente desenvolvidas, com o intuito de minimizar ainda mais este risco. Atualmente, se todas estas forem cumpridas, as taxas de transmissão são inferiores a 1%. Contudo, existem ainda obstáculos que devem ser ultrapassados a nível mundial, no caminho para a eliminação desta doença, tal como a heterogeneidade a nível dos diversos países, no que diz respeito a algumas intervenções específicas. Na sequência desta análise, de forma a sistematizar a informação, foi elaborada uma proposta de revisão do protocolo de profilaxia e seguimento de recém-nascidos expostos ao VIH materno.
Despite all the the advances in the last decade, particularly in developed countries, pediatric Human Imunodeficiency Virus (HIV) infection is still a reality all across the world and the large majority of cases is due to mother-to-child transmission. Preventive strategies, namely neonatal post-exposure prophylaxis with anti-HIV drugs, have a crucial role in the reduction of new infections, allowing an unique opportunity to eliminate this disease in future generations. The aim of this review is to analyze the latest findings and international recommendations regarding the different strategies for preventing mother-to-child transmission of HIV. We performed a literature search on the online libraries and articles in English since the year 1994 were included and we gave a higher degree of importance to the ones published since the year 2010. Portuguese and international guidelines were searched and included in the analysis.In 1994, for the first time, it was proven that zidovudine was effective in reducing mother-to-child transmission of HIV, in a rate of 70%, compared to a group without therapeutic intervention. Since then, multiple other strategies on various levels have been continuously developed with the aim of further reducing this risk. Nowadays, if these are correctly put to practice, rates of vertical transmission can be lower than 1%. However, there are still many obstacles that must be overcome globaly, in order to eliminate this disease. Heterogeneity between countries in regards to specific interventions also exists. We also propose a review of the protocol for prophylaxis and management to be used in neonates exposed to maternal HIV infection.
Description: Trabalho Final do Mestrado Integrado em Medicina apresentado à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/89858
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Profilaxia em recém-nascidos na prevenção da transmissão mãe-filho do VIH.pdf621.48 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

8
checked on Sep 24, 2020

Download(s)

9
checked on Sep 24, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons