Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/89814
Title: Reproductive desire in women with infertility uterine factor - what solutions?
Other Titles: Desejo reprodutivo em mulheres com factor uterino de infertilidade - que soluções?
Authors: Cabral, Maria Inês Ventura
Orientador: Santos, Ana Teresa Moreira Almeida
Keywords: infertility; uterus; transplantation; surrogate mothers; living donors; infertility; uterus; transplantation; surrogate mothers; living donors
Issue Date: 21-May-2019
Serial title, monograph or event: Reproductive desire in women with infertility uterine factor - what solutions?
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Objetivo: Rever e analisar a literatura científica sobre gestação de substituição e transplantação deútero.Métodos: Uma pesquisa na PubMedâ foi feita de acordo com os seguintes critérios: artigos publicados em inglês nos últimos dez anos. Após analisar 98 resumos, 27 artigos foram selecionados. Resultados: O factor absoluto de infertilidade uterina é causado mais frequentemente pelo síndrome de Mayer-Rokitansky-Küster-Hauser, caracterizado pela ausência congénita dos dois terços superiores da vagina e do útero. As neoplasias em mulheres em idade fértil são também uma causa frequente, quando tratamentos com preservação da fertilidade não são uma possibilidade. Dador cadáver ou dador vivo constituem dois tipos possíveis de dador em transplante de útero, ambos com diferentes vantagens e limitações. Após transplantação de órgão, a imunossupressão de manutenção faz parte do pós-operatório de um doente, para evitar rejeição do enxerto. Discussão: Uma sugestão de um algoritmo decisional é feita com o objetivo de ajudar a tomada decisão em casais com factor absoluto de infertilidade uterina com o desejo de ter filhos. São discutidos os vários problemas levantados pelas opções de gestação de substituição, transplantação de útero e adoção. Conclusão: A disponibilidade da gestação de substituição e do transplante de útero criou novas opções para doentes com factor absoluto de infertilidade uterina. É essencial discutir estas alternativas nestes doentes, para além da adoção e de não ter filhos.
Objective: Review and analyze the state of the art regarding gestational surrogacy and uterinetransplantation.Methods: A search was made in PubMedâ, with the following inclusion criteria: articles published in English over the last 10 years. After analysing 98 abstracts, 27 articles were selected. Results: AUFI can be caused by several medical issues, such as Mayer-Rokitansky-Küster-Hauser syndrome, which is the congenital absence of uterus and upper two thirds of the vagina, being the most common cause of AUFI, and by oncological disorders in fertile aged women when fertility sparing options are not a possibility. Living or deceased donors can both be used in UTx, each having advantages and limitations. After organ transplantation, permanent immunosuppression becomes part of the postoperative and maintenance care of a patient, to avoid graft rejection. Discussion: A suggestion of a decisional algorithm is made aiming to help the decisional pathway of couples who suffer from AUFI and wish to have children, and have to choose between adoption, GS or UTx. Step by step, we discuss the several issues involved with these options. Conclusion: The availability of gestational surrogacy and uterine transplant has raised new options for patients with AUFI. It is now imperative to discuss these alternatives in these patients, besides adoption or childlessness.
Description: Trabalho Final do Mestrado Integrado em Medicina apresentado à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/89814
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
tese inês final.pdf349.56 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

6
checked on Oct 1, 2020

Download(s)

8
checked on Oct 1, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons