Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/89799
Title: THE RELATION BETWEEN MISOPHONIA AND DEPRESSIVE SYMPTOMS: OBSERVATIONAL STUDY
Other Titles: A RELAÇÃO DA MISOFONIA COM SINTOMAS DEPRESSIVOS: ESTUDO OBSERVACIONAL
Authors: Assunção, Sandra Julieta Mota
Orientador: Cerejeira, Joaquim Manuel Soares
Santiago, Luiz Miguel de Mendonça Soares
Keywords: Misofonia; Depressão; Sintomas misofónicos; Sintomas depressivos; Relação; Misophonia; Depression; Misophonic symptoms; Depressive symptoms; Relation
Issue Date: 28-Mar-2019
Serial title, monograph or event: THE RELATION BETWEEN MISOPHONIA AND DEPRESSIVE SYMPTOMS: OBSERVATIONAL STUDY
Place of publication or event: Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
Abstract: Introdução: A misofonia é um fenómeno caracterizado pela intolerância a padrões de sons altamente específicos, associados a reações emocionais e físicas negativas, que podem levar a um grave comprometimento do funcionamento diário. Alguns estudos demostram uma relação moderada com o diagnóstico de depressão. Por isso, o objetivo deste estudo é clarificar se pessoas com sintomas depressivos têm maior prevalência de sintomas misofónicos do que a população geral. Métodos: A Escala de Misofonia de Amesterdão (A-MISO-S) foi usada para avaliar sintomas misofónicos e a Escala de Avaliação de Hamilton para Depressão de 17-items (HAM-D 17) usada para avaliar sintomas depressivos. O recrutamento de pessoas foi feito em 2 locais: cuidados de saúde primários e ambulatório de psiquiatria. Foi usado um guião para conduzir a entrevista clínica. Em primeiro lugar, recolhemos informações sobre dados demográficos: sexo, idade, estado civil, nível de educação, situação atual do emprego, antecedentes de depressão e uso de medicação psiquiátrica. Na segunda parte aplicaram-se duas escalas: A-MISO-S e HAM-D 17. Sempre que os scores mostravam a presença simultânea de sintomas misofónicos e depressivos clínicos (≥ 5 or ≥ 8, respetivamente), as pessoas era questionadas acerca da idade de início dos sintomas e relação com evento de vida. Resultados: Este estudo contou com 44 participantes. A prevalência de sintomas misofónicos da amostra foi de 25% e 14% apresentaram simultaneamente sintomas misofónicos e depressivos clinicamente significativos. Dos que apresentaram sintomas misofónicos, 90% afirmou que os sintomas começaram durante a idade adulta. A A-MISO-S e a HAM-D 17 não mostraram uma correlação significativamente estatística (ρ=0,140, p=0,365). Os scores da A-MISO-S de pessoas que afirmaram reagir de forma negativa aos sons misofónicos e a idade mostraram uma correlação moderada (ρ=0,434, p=0,044). Discussão: A prevalência de sintomas misofónicos é consistente com outros estudos. Este estudo não mostrou uma correlação significativa entre a severidade de sintomas misofónicos e a severidade de sintomas depressivos, embora tenha sido observada uma tendência para scores mais altos nos cuidados de saúde primários. Contudo, a medicação psiquiátrica poderá ter influenciado os resultados do grupo do ambulatório psiquiátrico. O score da A-MISO-S não foi significativamente diferente entre participantes com sintomas depressivos clinicamente significativos sem sintomas depressivos clinicamente significativos. Em contraste com outros estudos, houve uma correlação entre a idade e a severidade do score e a maioria dos participantes afirmou que o sintomas misofónicos começou durante a idade adulta. Conclusão: O presente estudo não suporta a relação entre sintomas depressivos e sinotmas misofónicos.
Introduction: Misophonia is a phenomenon characterized by intolerance to highly specific sound patterns, associated with negative emotional and physical reactions, that can lead to severe impairments in daily functioning. Some studies demonstrate a moderate relationship with depression diagnosis. So, the purpose of this study is to clarify if people with depressive symptoms have higher prevalence of misophonic symptoms than the general population. Methods: The Amsterdam Misophonia Scale (A-MISO-S) was used to assess misophonic symptoms and the Hamilton Depression Rating Scale 17-items (HAM-D 17) was used to assess depressive symptoms. Recruitment was performed in 2 different settings: primary health care and psychiatric outpatient setting. A script was used to conduct the clinical interview. Firstly, we gathered information about demographic data: gender, age, civil status, level of education, current employment situation, depression antecedents, and use of psychiatric medication. In the second part two scales were applied: A-MISO-S and HAM-D 17. Whenever scores showed the simultaneous presence of clinic misophonic and depressive symptoms (≥ 5 or ≥ 8, respectively), people were asked about the onset age and relation to a life event. Results: This study had 44 participants. The prevalence of misophonic symptoms in the sample was 25% (n=11), and 14% presented misophonic and depressive clinically significant symptoms. Of those who presented misophonic symptoms, 90% stated symptoms began during adult age. A-MISO-S and HAM-D 17 did not show a statistically significant correlation (ρ=0,140, p=0,365). A-MISO-S scores of people who affirm reacting negatively to misophonic sounds and age showed a moderate correlation (ρ=0,434, p=0,044). Discussion: The prevalence of misophonic symptoms was consistent with other studies. This study didn’t show a significant correlation between the severity of the misophonic symptoms and the severity of the depressive symptoms, although a trend was observed for higher scores in primary health care. However, psychiatric medication may had influenced psychiatric outpatient setting results. A-MISO-S score was not significantly different in participants with clinically significant depressive symptoms compared with those with no clinically significant depressive symptoms. In contrast with other studies, there was a correlation between the age and score severity, and most participants stated that misophonic symptoms began during adult age. Conclusion: The current study does not support the relation between depressive symptoms and misophonic symptoms.
Description: Trabalho Final do Mestrado Integrado em Medicina apresentado à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/89799
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
The relation between Misophonia and depressive symptoms.pdf1.01 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

4
checked on Sep 24, 2020

Download(s)

8
checked on Sep 24, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons