Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/89773
Title: Pensamento Crítico e Economia Política do Subimperialismo Brasileiro: Para uma Teoria Marxista da Dependência nas Relações Internacionais.
Other Titles: Critical Theory and Political Economy of Brazilian Subimperialism: Towards a Marxist Theory of Dependency in Internacional Relations.
Authors: Caetano, Isabelle de Freitas
Orientador: Rodrigues, João Pedro Amaral Cabouco
Keywords: Marxist Theory of Dependency; subimperialism; development; political economy; teoria marxista da dependência; subimperialismo; desenvolvimento; economia política
Issue Date: 19-Sep-2019
Serial title, monograph or event: Pensamento Crítico e Economia Política do Subimperialismo Brasileiro: Para uma Teoria Marxista da Dependência nas Relações Internacionais.
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: This thesis aims to contribute to the critical debate about development in International Relations. To this end, the analytical framework is provided by the Marxist Theory of Dependency. This framework emerged as a branch of Latin American critical theory on development in the 60s. This research relies on the conceptual analysis of the categories elaborated in the initial works within this tradition between the 60s and 80s, especially in Ruy Mauro Marini’s writings. The analysis of the conceptual framework is conducted in order to articulate the theoretical categories to the case study of contemporary Brazilian political economy. Therefore, this work also aims to update the Marxist Dependency Theory based on the bibliographical review of the key studies that seek to reinvigorate this theoretical-methodological framework. Special emphasis is placed on the concept of subimperialism as a nexus that establishes connections with the other categories of dependency, relating to different dimensions in the economic and foreign relations fields. In this sense, the main goal of the present investigation is to verify to what extent the theoretical formulations of the Marxist Theory of Dependency can still be relevant to explain the contemporary Brazilian conjuncture, tracing how the concrete economic and social context is linked to the changes in the world economy throughout the distinct phases of historical capitalism. As for the case study, this work sought to compare different historical contexts in the Brazilian economic and political path, emphasizing the economic policies and foreign policy strategies that have characterized different conjunctures since the formulation of the analytical categories of dependency. This historical analysis process integrates the new elements that constitute a distinct stage of Brazilian subimperialism, under the changes that have occurred during the governments of Lula da Silva (2003-2010) and Dilma Rousseff (2011-2016). Based on these studies, it was possible to conclude that the new Brazilian subimperialism is anchored on a process of both continuity and rupture that is part of the concrete reality complexity and of the contradictions of capitalist development in the specific forms manifested in the dependent socio-economic formations of the global periphery. Therefore, subimperialism is perceived as a dynamic and multidimensional phenomenon in the history of dependent capitalism offering rich possibilities as a theoretical category for the interpretation of Brazil's role in the regional and global scenarios.
A presente pesquisa visa contribuir para o debate sobre desenvolvimento nas Relações Internacionais, mediante uma abordagem crítica do tema. Para tanto, adota-se como instrumental teórico-metodológico a teoria marxista da dependência, que surge como matriz do pensamento crítico latinoamericano nas ciências econômicas e sociais, a partir dos anos 1960. A proposta investigativa concentra-se na análise dos principais conceitos e categorias elaborados nos trabalhos fundadores dessa matriz teórica, para, em um segundo momento, articular o exame teórico ao estudo de caso da economia política brasileira na conjuntura contemporânea. Esta articulação ampara-se no esforço de atualização da teoria marxista da dependência com a revisão bibliográfica dos trabalhos recentes mais significativos para o amadurecimento da temática. Nesse sentido, é dado enfoque no conceito de subimperialismo enquanto elemento de conexão com as demais categorias da dependência, compreendendo diferentes dimensões nas searas da economia e da política externa. Desse modo, busca-se verificar em que medida as formulações teóricas da teoria marxista da dependência ainda são relevantes para a explicação da conjuntura contemporânea brasileira na forma em que esta se vincula às transformações da economia-mundo nas distintas fases do capitalismo histórico. Quanto ao estudo de caso, buscou-se analisar, de forma comparativa, os contextos históricos-concretos que compreendem as transformações econômicas e as mutações nas estratégias da política externa brasileira que caracterizaram diferentes conjunturas desde a elaboração das categorias de análise que compõem a economia política da dependência com base na realidade regional latinoamericana dos anos 60. Esse processo de análise histórica estende-se aos novos elementos que configuram uma etapa distinta do subimperialismo brasileiro a partir das mudanças em curso durante os governos de Lula da Silva (2003-2010) e de Dilma Rousseff (2011-2016). Com base nesses estudos, foi possível concluir que o novo subimperialismo brasileiro assentou-se em um processo de continuidade e de ruptura inserido na complexidade da realidade material e nas contradições do desenvolvimento capitalista nas formas particulares que assume nas economias dependentes da periferia global. Portanto, o subimperialismo é entendido como um fenômeno histórico dinâmico e muldimensional que ofecere substanciais possibilidades de análise como uma categoria teórica que procura interpretar o papel do Brasil nos cenários regional e global.
Description: Dissertação de Mestrado em Relações Internacionais - Estudos da Paz, Segurança e Desenvolvimento apresentada à Faculdade de Economia
URI: http://hdl.handle.net/10316/89773
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
DissertaçãoFinal_IsabelleCaetano_.pdf1.21 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons