Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/89634
Title: Gestão de Clientes e Fornecedores enquanto Ativos e Passivos Financeiros
Other Titles: Customer and Supplier Management as Financial Assets and Liabilities
Authors: Alcobia, Ana Rita Ribeiro
Orientador: Jorge, Susana Margarida Faustino
Keywords: gestão de créditos; clientes; fornecedores; reconhecimento; mensuração; credit management; customers; suppliers; recognition; measurement
Issue Date: 26-Sep-2019
Serial title, monograph or event: Gestão de Clientes e Fornecedores enquanto Ativos e Passivos Financeiros
Place of publication or event: Efacec Serviços Corporativos, S.A
Abstract: No contexto de estágio e do percurso académico, foi percebida a importância e necessidade da correta divulgação da informação financeira pelas entidades, para a tomada de decisão pelos diversos stakeholders. Destaca-se a particular importância da escolha de políticas eficientes de gestão de créditos pelas empresas, uma vez que esta afeta os fluxos e valores das dívidas dos clientes e aos fornecedores e, por sua vez, tem consequência na gestão de tesouraria da empresa. Salienta-se também a importância do correto reconhecimento e mensuração dos ativos e passivos financeiros relativos a clientes e fornecedores, de forma a garantir que a informação seja a mais verdadeira, fidedigna e apropriada.Por conseguinte, o presente relatório aborda a importância da gestão de ativos e passivos financeiros, concretamente, a análise de clientes e fornecedores, considerando dois objetivos: por um lado, analisar a questão da gestão de créditos relacionados com os fluxos de clientes e fornecedores e o seu impacto na gestão de tesouraria e, por outro, analisar os normativos – do SNC (NCRF 27) e das IFRS (IFRS9), nomeadamente, no que diz respeito ao reconhecimento e mensuração das dividas a receber e a pagar correntes, evidenciando as suas semelhanças e diferenças. Na temática da mensuração, relativamente às perdas por imparidade, discute-se também o uso dos critérios contabilísticos face aos fiscais para as dívidas a receber de clientes, com base na literatura, sendo esta última questão, abordada particularmente no contexto nacional. A complementar a discussão teórica, tenta-se detalhar como a entidade de acolhimento do estágio procede nestas temáticas. O reconhecimento das perdas por imparidade é uma matéria que representa uma das maiores divergências entre os normativos fiscal e contabilístico. Para as pequenas empresas o critério fiscal é o mais aconselhável, uma vez que ao usarem este estão a evitar possíveis correções ao lucro contabilístico, quando da entrega das declarações fiscais, que representarão um ónus administrativo para estas e que, eventualmente, não compensa os benefícios de terem uma melhor informação financeira para a relevância e fiabilidade. Já para as grandes empresas, o critério contabilístico será a escolha mais acertada, mesmo que isso implique gastos administrativos, aquando do preenchimento das declarações fiscais, uma vez que este lhes permite uma informação verdadeira e fiável, para que possa ser consultada e entendida por clientes, fornecedores, investidores e demais agentes económicos.
In the context of internship and academic background, it was perceived the importance and necessity of the correct disclosure of financial information by the entities, for decision making by the various stakeholders. The particular importance of the choice of efficient credit management policies by companies is highlighted, as it affects the flows and amounts of debt of customers and suppliers and, in turn, has a consequence in the company's cash management. It is also stressed the importance of the correct recognition and measurement of financial assets and liabilities related to customers and suppliers, to ensure that the information is the most truthful, reliable and appropriate.Therefore, this report addresses the importance of financial asset and liability management, concretely customer and supplier analysis, considering two objectives: firstly, to analyze the issue of credit management related to customer and supplier flows and impact on treasury management and, on the other hand, to analyze the norms - of the SNC (NCRF 27) and IFRS (IFRS9), namely regarding the recognition and measurement of current receivables and payables, showing the their similarities and differences. Regarding the measurement of impairment losses, the use of accounting criteria against tax for debts receivable from customers is also discussed, based on the literature, and the latter issue is particularly addressed in the national context. Complementing the theoretical discussion, we try to detail how the host entity of the internship proceeds in these themes.The recognition of impairment losses is a matter that represents one of the largest divergences between tax and accounting standards. For small businesses, the tax criterion is the most advisable since by using this they are avoiding possible corrections to the accounting profit when filing the tax returns, which will represent an administrative burden for them and possibly not compensating for the benefits. to have better financial information for relevance and reliability. For large companies, the accounting criterion will be the right choice, even if it entails administrative expenses when filing tax returns, as it allows them to have true and reliable information so that they can be consulted and understood by customers, suppliers, investors, and other economic agents.
Description: Relatório de Estágio do Mestrado em Contabilidade e Finanças apresentado à Faculdade de Economia
URI: http://hdl.handle.net/10316/89634
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Relatório_Estágio_Ana_Rita_Alcobia_Final.pdf932.89 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

27
checked on Sep 24, 2020

Download(s)

15
checked on Sep 24, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons