Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/89628
Title: Exercício Físico e Fibromialgia
Other Titles: Physical Exercise and Fibromyalgia
Authors: Tavares, Pedro Filipe Ribeiro
Orientador: Marques, Alexandre Rebelo
Ribeiro, Carlos Alberto Fontes
Keywords: Adulto; Fibromialgia; Exercício; Terapia por Exercício; Seres Humanos; Fibromyalgia; Exercise; Exercise Therapy; Humans; Adult
Issue Date: 19-Jul-2019
Serial title, monograph or event: Exercício Físico e Fibromialgia
Place of publication or event: USF Rainha Santa Isabel
Abstract: Introdução: A Fibromialgia é uma doença crónica caracterizada por dor muscular, sensibilidade dos tecidos moles e outros sintomas somáticos. O tratamento farmacológico tem-se revelado pouco eficaz pelo que tem sido dada maior atenção à vertente não farmacológica, nomeadamente o que diz respeito ao exercício físico. Objetivo: Revisão da literatura por forma a sistematizar os benefícios para a saúde da atividade física na Fibromialgia, para permitir a promoção adequada e segura da sua prática por parte dos profissionais de saúde. Métodos: A revisão narrativa consistiu numa pesquisa bibliográfica nas bases de dados PubMED e Cochrane, de artigos relacionados com a atividade física e Fibromialgia. Incluíram-se os artigos publicados nos últimos 5 anos com avaliação dos benefícios de saúde após um período de atividade física em doentes com Fibromialgia, em forma de revisão sistemática, revisão narrativa, meta-análise ou estudo randomizado e controlado. Analisaram-se as listas de referências bibliográficas dos artigos incluídos, de forma a acrescentar estudos adicionais. A avaliação de outcomes foi realizada de acordo com a proposta da iniciativa OMERACT. Resultados: Foram incluídos 25 artigos para revisão. A atividade física resulta em melhorias significativas na sintomatologia e na qualidade de vida em doentes com Fibromialgia. Os benefícios são transversais aos outcomes medidos e a todos os tipos de exercício. Os efeitos adversos nem sempre são descritos apropriadamente, mas parecem ser pouco frequentes e de pouca gravidade. A adesão apresenta valores díspares nos vários protocolos, parecendo ser maior nos programas compostos ou quando a intensidade é adaptada a cada doente. O exercício aeróbio e de força apresentam evidência de benefício mais sólida, porém modalidades mais recentes como o Tai Chi ou o Pilates ou programas envolvendo mais que um tipo de exercício também começam a mostrar benefícios positivos. Poucos estudos avaliaram a manutenção dos efeitos no longo prazo, sendo os resultados contraditórios quanto à manutenção dos efeitos positivos. Também começa a ser dada relevância às condições em que o exercício é praticado (meio aquático versus meio terrestre, tipo de água, clima), sendo a evidência ainda de pouca quantidade para cada comparação. Conclusões: A presente revisão estrutura a evidência de que a atividade física é segura e conduz benefícios importantes nos doentes com Fibromialgia, devendo ser recomendada e prescrita pelos profissionais de saúde na ausência de contraindicações. Existe a necessidade de investigações futuras, realizando estudos mais homogéneos, de maiores dimensões e descrevendo os protocolos de exercício segundo o princípio FITT-VP (frequência, intensidade, tempo, tipo, volume e progressão), de forma a explorar, comprovar e comparar os benefícios dos diferentes protocolos.
Introduction: Fibromyalgia is a chronic disease characterized by muscle pain, soft tissue tenderness and other somatic symptoms. Pharmacological treatment has been shown to be ineffective, so more attention has been paid to the non-pharmacological treatment, specially physical exercise. Objective: The aim of this study was to summarize the health benefits of physical activity in Fibromyalgia, in order to allow the adequate and safe promotion of its practice by health professionals. Methods: We conducted a literature search of PubMED and Cochrane databases for studies related to physical activity and Fibromyalgia. We included studies published in the last 5 years where health benefits were evaluated after a period of physical activity in patients with Fibromyalgia. We included a systematic or narrative reviews, meta-analysis or randomized controlled trials. The references lists of the included articles were analysed, in order to add additional studies. The evaluation of outcomes was carried out in accordance with the proposal of the OMERACT initiative. Results: Twenty-five studies were included for review. Physical activity results in significant improvements in symptomatology and quality of life in patients with Fibromyalgia. The benefits are present in all measured outcomes and in all types of exercise. Adverse effects are not always properly described, but they appear to be infrequent and of little seriousness. Adherence presents disparate values in the various protocols, appearing to be greater in mixed programs or when exercise intensity is adapted to each patient. Aerobic exercise and muscle endurance show evidence of stronger benefit, but more recent modalities such as Tai Chi or Pilates or programs involving more than one type of exercise also begin to show positive benefits. Few studies have evaluated the maintenance of effects in the long term, and the results are contradictory as to the maintenance of positive effects. Some relevance is also being given to the conditions in which the exercise is practiced (aquatic versus land, type of water, climate), but the evidence is still small for each comparison. Conclusions: The present review structures the evidence that physical activity is safe and leads to important benefits in patients with Fibromyalgia. It should be recommended and prescribed by health professionals in the absence of contraindications. There is a need for future investigations, carrying out larger, homogeneous studies where exercise protocols are described according to FITT-VP (frequency, intensity, time, type, volume and progression), in order to evaluate and compare different protocols.
Description: Dissertação de Mestrado em Medicina do Desporto apresentada à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/89628
Rights: closedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
Tese_PedroFilipeRibeiroTavares.pdf678.8 kBAdobe PDF    Request a copy
Show full item record

Page view(s)

61
checked on Sep 24, 2020

Download(s)

3
checked on Sep 24, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons