Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/89525
Title: Envelhecimento da força de trabalho e produtividade: uma análise exploratória do caso português
Other Titles: Workforce aging and productivity: an exploratory analysis of the Portuguese case
Authors: Monteiro, Mariana Leocádia Genrinho
Orientador: Simões, Marta Cristina Nunes
Keywords: Envelhecimento da Força de Trabalho; Produtividade; Mecanismos de Transmissão; Portugal; Workforce Aging; Productivity; Channels of Growth; Portugal
Issue Date: 24-Jul-2019
Serial title, monograph or event: Envelhecimento da força de trabalho e produtividade: uma análise exploratória do caso português
Place of publication or event: FEUC
Abstract: The workforce in Europe and Portugal is aging rapidly. It is possible to see the older cohorts rising and the youngest decreasing in proportion of the total working-age population. This situation is happening without any prospect of slowing down. Taking this into account, this work project studies the impact of workforce aging on the behavior of output per worker and also examines the main channels through which these demographic changes affect economic growth, the accumulation of production factors, such as physical or human capital, and total factor productivity (TFP). The results from an OLS (ordinary least squares) estimation indicate that in Portugal an increase of 1% in the growth rate of the older workers proportion (aged 55-64) will negatively affect the output per worker growth by approximately 0,84 percentual points. In addition, the main channel through which this occurs is through the reduction of the contribution of TFP. The results from a VAR (vector autoregression) model estimation indicate that after 10 years a temporary one standard deviation shock in the growth rate of the proportion of older workers will affect overall output per worker growth in -0,00244 percentual points. The same happens in the Eurozone. Using panel data and estimating with fixed effects, the results indicate that a 1% increase in the growth rate of the proportion of older workers will negatively affect output per worker growth in approximately -0,34 percentual points and the main channel through which this occurs is also through the reduction of the contribution of TFP.
A força de trabalho, tanto na Europa como em Portugal, encontra-se cada vez mais envelhecida, sendo possível observar os grupos etários mais velhos a aumentarem e os mais jovens a diminuírem de proporção relativamente ao total da população em idade ativa. Esta situação descrita não apresenta quaisquer perspetivas de abrandamento, assim, o propósito deste trabalho de projeto é estudar o impacto do envelhecimento da força de trabalho no comportamento do produto por trabalhador. De igual forma, são analisados alguns canais através dos quais estas alterações demográficas afetam o crescimento económico, via acumulação de fatores, em particular acumulação de capital físico ou de capital humano, e via produtividade total de fatores (PTF). Verificou-se que, em Portugal, tendo por base os resultados de uma estimação OLS (mínimos quadrados ordinários), por cada aumento de 1% da taxa de crescimento da proporção de trabalhadores mais velhos, entre os 55 e os 64 anos, o crescimento do produto por trabalhador é prejudicado em, aproximadamente, 0,84 pontos percentuais e o principal canal pelo qual isto se verifica é por via da redução da contribuição da PTF. Por outro lado, tendo por base a estimação de um modelo VAR (vetor autorregressivo), utilizando também dados para Portugal, face a um choque temporário de um desvio padrão na taxa de crescimento da proporção de trabalhadores mais velhos, ao fim de dez anos em análise, o impacto global desse choque em termos de crescimento do produto por trabalhador é de -0,00244 pontos percentuais. O mesmo se verifica para a Zona Euro onde, recorrendo a dados em painel, se verificou que, partindo de uma estimação com efeitos fixos, um aumento de 1% na proporção de trabalhadores entre os 55 e os 64 anos afeta o crescimento do produto por trabalhador em -0,34 pontos percentuais e, da mesma forma, o principal canal pelo qual isto se verifica é por via da redução da contribuição da PTF.
Description: Trabalho de Projeto do Mestrado em Economia apresentado à Faculdade de Economia
URI: http://hdl.handle.net/10316/89525
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Trabalho de Projeto_versão final.pdf1.38 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

3
checked on Jul 2, 2020

Download(s)

2
checked on Jul 2, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons