Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/89456
Title: Actividade motora do tubo digestivo na diabetes mellitus tipo 2 : estudo comparativo de alguns aspectos da fisiologia da motilidade digestiva em diabéticos e não diabéticos
Authors: Jorge, João Xavier
Orientador: Almeida, Carlos Manuel Costa
Keywords: Diabetes mellitus tipo 2; Trato gastrintestinal; Motilidade gastrintestinal
Issue Date: 30-Sep-2016
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Depois de alguns anos de docência na Faculdade de Medicina da Universidade Agostinho Neto, iniciados em 1984 como Monitor Estagiário de Fisiologia, eis que, no âmbito de contactos com o Professor Fausto Pontes, na altura Director do Instituto de Fisiologia da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra e do Serviço de Gastrenterologia do Hospital dos Covões, me foi dada a oportunidade de continuar a minha formação académica e pós-graduada. Merece especial menção que tais contactos foram realizados por intermédio do Exmo. Senhor Professor Doutor Nascimento Costa, na altura Presidente do Conselho Científico da Faculdade de Medicina, da Universidade de Coimbra, a quem reafirmo o meu especial agradecimento pela forma empenhada, zelosa e aberta como se dedicou ao referido processo, própria de um Mestre. Foi também um elemento importante nos referidos contactos, o médico psiquiatra nascido em Angola, homem de grande coração, o Dr. Bajouco, a quem agradeço igualmente o empenho pessoal. A Dra. Maria dos Prazeres Gomes Morais, minha amiga, foi entre todos aqui citados um decisivo elo de ligação que, como verdadeira angolana, no seu carácter solidário, facilitou o meu contacto, muitas vezes nela representado, com várias entidades e instituições em Portugal. Foi com muito prazer, e reconheço a emoção que experimentei, naquela altura como se tudo estivesse a acontecer hoje, novamente. A abertura foi total. Havia a possibilidade de continuar a minha diferenciação clínica, no Centro Hospitalar de Coimbra, na especialidade de gastrenterologia, e desenvolver um trabalho científico, este, que seria apresentado à Universidade de Coimbra sob a forma de Tese de doutoramento em Medicina. A Universidade Agostinho Neto, na pessoa da sua Reitora, a Professora Doutora Laurinda Hoygaard e a Faculdade de Medicina, cujo director, Professor Doutor Carlos Mariano Manuel, e o DEIP de Fisiologia personificado no Professor Doutor Mário Jorge Cartaxo Fresta, anuíram ao meu pedido e desencadearam o processo para formalizar, junto do Ministério da Saúde angolano a solicitação, ao Ministério da Saúde de Portugal, da anuência para a minha formação pós-graduada no Hospital dos Covões. Paralelamente, encetaram-se os contactos para que o meu doutoramento pudesse ser feito pela Universidade de Coimbra. Este Processo desencadeou-se em 1996. Só em 1998, aquando da abertura de um concurso para Bolsas de Estudo pela Comissão Nacional para os Descobrimentos Portugueses, e após ter concorrido e sido seleccionado, foi possível a minha deslocação a Portugal, com o fito de iniciar tal processo. Ao Comissário Geral da CNCDP da referida comissão Professor Doutor Joaquim Romero Magalhães e aos seus membros, em particular ao senhor Jorge Manuel Santos Alves e ao senhor Fernando Dores Costa, os meus sinceros agradecimentos. O tema principal da investigação seria a motilidade digestiva. Nas longas conversas tidas com o Professor Doutor Fausto Pontes, motilista por excelência, tomei conhecimento de que há muito ele se questionava da possível influência da diabetes mellitus sobre a motilidade digestiva globalmente, além da conhecida gastroparesia diabeticorum. Perguntava-se se entre as complicações agudas da hiperglicémia não estariam incluídas alterações da motilidade nos vários segmentos do tubo digestivo e se as complicações crónicas não iam além das conhecidas sobre outros aparelhos e sistemas. Entendia o Professor Fausto Pontes que seria interessante estudar tais relações na população portuguesa. Surgiu assim a ideia de investigarmos a actividade motora digestiva em indivíduos diabéticos. Havia a possibilidade de estudar a motilidade digestiva no Hospital dos Covões, e no Instituto de Fisiologia da Faculdade de Medicina da Universidade de xxxii Coimbra, ambas instituições de que ele era digno Director, onde existia equipamento adequado para o efeito. Entrementes, nasceu uma perspectiva diferenciada, paralelamente à realização da investigação específica visando a elaboração da tese de Doutoramento: criar-se uma linha de investigação da motilidade digestiva em diabéticos humanos que associasse vários serviços do Centro Hospitalar de Coimbra. Havia e há um conjunto amplo de pacientes diabéticos que são seguidos em consulta externa e no Hospital de Dia da Diabetes, do Hospital dos Covões. Esta seria assim a população alvo dos estudos que permitiria, a posteriori, a prossecução das investigações no domínio da motilidade digestiva. Os serviços envolvidos em tal linha de investigação seriam assim os de Gastrenterologia, Medicina Interna, Radiologia, Patologia Clínica e Hematologia. Foi então elaborado um documento e distribuído a todas as direcções dos respectivos serviços que não só anuíram mas consideraram de grande interesse a criação de linhas de investigação multidisciplinares em torno de uma patologia crónica, debilitante com grande impacto pessoal, familiar e socioeconómico. Algumas dificuldades burocráticas, entre outras, não permitiram que, paralelamente à realização do Internato de Gastrenterologia, pudesse realizar normalmente as investigações ligadas a este projecto. Começou a tomar corpo apenas em 2005, apesar de ter sido elaborado em 2000. É notório que, de uma forma geral a maioria dos hospitais não possuem cultura de investigação, nem a promovem. Este facto, muitas vezes referido por outros colegas, transforma-se num verdadeiro obstáculo para quem tenta de forma sistemática encontrar abertura para a efectivação de projectos de investigação. A dificuldade torna-se maior quando o projecto envolve mais do que um serviço hospitalar. Espero por isso que os colegas do Centro Hospitalar de Coimbra (Hospital dos Covões) com quem trabalhei, tenham paciência, persistência e encontrem interesse em prosseguir com esta linha de investigação iniciada, para a qual as bases estão lançadas. Entendo ser também nosso dever brindarmos a ciência com o contributo pessoal próprio e colectivo, para que ela se transforme num meio cada vez mais eficaz, de melhoria da qualidade de vida de todos os que sobre a Terra vivem e, em muitas ocasiões, vêm ao nosso encontro em busca de soluções, ou pelo menos de consolo, para os males que os afectam.
Description: Tese de doutoramento em Medicina (Ciências Fisiológicas - Fisiologia), apresentada à Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/89456
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Doutoramento
UC - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
Actividade motora do tubo digestivo na diabetes mellitus tipo 2.pdf12.98 MBAdobe PDFEmbargo Access    Request a copy
Show full item record

Page view(s)

43
checked on Sep 17, 2020

Download(s)

5
checked on Sep 17, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.