Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/88469
Title: Da venda pessoal ao comércio massificante – O caso de Cascais
Other Titles: Vom "Tante Emma-Laden" zum Massenbetrieb – Am Beispiel von Cascais
Authors: Encarnação, José d' 
Keywords: Mercado; Produtos locais; Grandes superfícies; A loja do bairro
Issue Date: Dec-2019
Publisher: Associação Luso-Hanseática
Serial title, monograph or event: Portugal-Post [Correio Luso-hanseático]
Volume: único
Issue: 66
Place of publication or event: Hamburgo (Alemanha)
Abstract: Apresenta-se como exemplo o caso de Cascais, uma vila nos arredores da capital portuguesa (Lisboa), para traçar uma panorâmica do que foi, em linhas gerais, a recente evolução do comércio, a partir de meados do século XX, desde a venda pessoal até ao actual comércio massificante, reflectindo-se sobre o que foi o pânico dos anos 60, com o aparecimento das grandes superfícies e o que é, nos nossos dias, o crescente apreço pelos produtos locais, vistos na óptica de ‘património’.
Description: O texto tem também versão em alemão, numa tradução de Karin von Schweder-Schreiner
URI: http://hdl.handle.net/10316/88469
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC Bibliotecas - Artigos em Revistas Internacionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Da venda pessoal ao comércio massificante - O caso de Cascais.pdf1.18 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

65
checked on May 26, 2020

Download(s)

11
checked on May 26, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.