Title: Epidemologia das Doenças Cardiovasculares (definição de um modelo experimental de Investigação epidemiológica).
Authors: Cardoso, Salvador Massano 
Keywords: Medicina Interna
Issue Date: 1984
Abstract: As doenças cardiovasculares constituem um flagelo médico-social nos nossos dias. O objectivo do nosso estudo centrou-se na análise das mesmas e dos principais factores de risco em Portugal. Neste trabalho estudámos a importância dos factores sócio-económicos, culturais, demográficos, sanitários, cuidados médicos, alimentares, desenvolvimento global e actividade agrícola, a nível regional, tentando conhecer o peso dos mesmos na mortalidade das doenças cardiovasculares a nível regional e que entre nós apresentam comportamentos díspares, consoante se trata do Norte, Centro ou Sul do País. Concluímos que dentro de todos os mais importantes eram : factores demográficos, alimentares e sanitários. Dentro dos inúmeros factores de risco cardiovasculares, destacamos o papel desempenhado pela > das águas de consumo na prevenção cardivascular. Apesar de controversa, efectuámos um levantamento nacional ( 260 Concelhos) caracterizando as águas de abastecimento público a nível concelhio no tocante a vários parâmetros (Ca, Mg, Zn, Cu, Al, Pb, Mn, pH, Fe). Deste modo foi possível identificar as águas, caracterizando-as de acordo com a concentração daqueles elementos. Verificámos diferenças regionais marcadas, sobretudo em relação à dureza, cálcio e magnésio, que apresentam concentrações mais elevadas a partir do Centro-litoral (em direcção ao Sul), Ribatejo, Alentejo e Algarve. Sabendo que a alimentação tem um papel importante na génese das doenças cardiovasculares devido aos efeitos hiperlipideminantes da mesma (colesterol, triglicerídeos, ácidos gordos) e sabendo igualmente que entre nós existem diferenças regionais sobretudo nas áreas urbanas e rurais, no tocante ao consumo dos diferentes princípios imediatos e tipo de gorduras, procedemos com base em inquéritos alimentares efectuados por outros autores, definir um modelo experimental-animal – que pudesse traduzir num curto espaço de tempo os efeitos metabólicos e anatómicos das referidas dietas. Assim, seleccionámos o frango como animal de experiências, dentro das quais destacamos o comportamento dos diferentes ácidos gordos plasmáticos, do fígado, do coração e da gordura, através de cromatografia gasosa. Concluímos que o animal em questão e a metodologia utilizada poderá ser útil para avaliar os efeitos aterogénicos da alimentação humana.
URI: http://hdl.handle.net/10316/878
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ficheiro_temporario.pdf8.8 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.