Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/86468
Title: Captação, Abastecimento, Uso e Gestão da água na cidade do Sumbe, Cuanza Sul - Angola
Other Titles: Catchment, supply, usage, and management of water in the city of Sumbe, Cuanza Sul - Angola.
Authors: Canário, Joaquim Augusto 
Orientador: Tavares, Alexandre Manuel de Oliveira Soares
Azevedo, José Manuel Martins de
Keywords: Sumbe (Angola); Captação de água; Rio Cambongo; Usos da água-perceções e espectativas; Sumbe (Angola); Water catchment; Cambongo River; Uses of water-perceptions and expectations
Issue Date: 18-Oct-2018
Serial title, monograph or event: Captação, Abastecimento, Uso e Gestão da água na cidade do Sumbe, Cuanza Sul - Angola
Place of publication or event: Angola
Abstract: No presente trabalho são apresentados e desenvolvidos os seguintes elementos: (1) a caracterização das principais captações e sistemas de tratamento e distribuição pública de água na cidade do Sumbe; as captações analisadas são a Captação pública ETASKS e as Captações privadas Delgado e Jóssica; (2) a análise dos usos da água e das perceções e expectativas dos residentes sobre o abastecimento de água. A cidade de Sumbe é abastecida de água através de três captações localizada na margem do rio Cambongo, situadas próximo da cota de 8 m. A captação pública possui um sistema estruturante moderno e as outras duas apresentam estruturas convencionais. Apenas a empresa pública de água ETASKS efetua o controlo e o tratamento físico-químico da água. As captações privadas - Delgado e Jóssica - não efetuam qualquer tratamento sistemático. Relativamente à existência de riscos potenciais de alterar os volumes e a qualidade da água captação, identificaram-se os seguintes: (1) variações de caudal do rio; (2) atividades humanas nas margens e (3) deficiências nos sistemas de captação e distribuição da água.Os questionários dirigidos a 240 residentes, sobre as espectativa, perceções e uso da água que é abastecida se revelaram que o sistema público abastece mais do que 50 % da população residente no centro urbano e também na zona periférica da cidade de Sumbe.A água é utilizada pelos residentes para diferentes fins: confecção de alimentos, higiene pessoal, lavagem de roupa, lavagem de viaturas, criação de animais e rega no quintal e a cidade de Sumbe apresenta diferentes tipos de residências desde as construídas de blocos /tijolos, adobe, pau-a-pique e de chapas, podendo ainda encontrar casas de pedras. As questões relacionadas ao ordenamento do território tem condicionado a distribuição da água ao bairros periféricos quer pela empresa publica e as empresas privadas. As residências construídas de adobe e bloco/ tijolos se apresentam com elevados consumos de água; a média de consumo per capita da água em função do agregado familiar esta fixada entre os 33 litros e 200 litros. Em função dos conhecimentos adquiridos e dos problemas detetados nas captações e nos processos de distribuição da água, apresentam-se algumas recomendações para a melhor gestão da água na cidade do Sumbe, destacando-se a melhoria das atuais captações, a construção de novas captações, nomeadamente de água subterrânea, a implementação de zonas de proteção das captações e o controlo físico-químico da água regular (diário).
In the present work the following elements are presented and developed: (1) the characterization of the main abstractions (catchments) and systems of treatment and public distribution of water in the city of Sumbe; the abstracts analysed are the Public Procurement ETASKS and the Private Collection Slim and Jósica; (2) the analysis of water uses and residents' perceptions and expectations about water supply.The city of Sumbe is supplied with water through three catchments located on the bank of the river Cambongo. The public catchment has a modern structural system and the other two have conventional structures. Only the public water company ETASKS implement a physico-chemical control and treatment of the water. Private catchments - Delgado and Jóssica - do not carry out any systematic treatment.Concerning the existence of potential risks of quantity and the quality of the water abstraction, the following risks were identified: (1) variations in river flow; (2) human activities on the banks and (3) deficiencies in water abstraction and distribution systems.The questionnaires addressed to 240 residents about the expectations, perceptions and use of the water that is supplied have revealed that the public system supplies more than 50% of the resident population in the urban center and also in the peripheral zone of the city of Sumbe.The water is used by residents for different purposes: food preparation, personal hygiene, laundry, car washing, animal husbandry and watering in the yard and the city of Sumbe presents different types of residences from the built blocks / bricks, adobe, stick-a-pique and of plates, being able to still find stone houses. The issues related to spatial planning have conditioned the distribution of water to peripheral neighbourhoods by both public and private companies. The houses built of adobe and block / brick are presented with high water consumption; the average per capita consumption of water in relation to the household is fixed between 33L and 200L.Due to the knowledge acquired and the problems detected in the 3 catchments and water distribution processes, some recommendations are presented for better water management in Sumbe, namely: (1) the improvement of current abstractions, (2) the construction of new abstractions, namely groundwater, catchments, (3) implementation of protection zones and physical-chemical control of water (daily).
Description: Dissertação de Mestrado em Geociências apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia
URI: http://hdl.handle.net/10316/86468
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Canário Dessertação Final.pdf4.27 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

332
checked on Oct 1, 2020

Download(s) 50

346
checked on Oct 1, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons