Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/85591
Title: O papel do sistema de tranquilização e afiliação e seus outputs na qualidade de vida profissional: a satisfação por compaixão em profissionais de reabilitação
Other Titles: The role of the soothing system and its outputs in professional quality of life: compassion satisfaction in rehabilation professionals
Authors: Tomé, Margarida Dinis 
Orientador: Freitas, Paula Cristina Oliveira Castilho
Keywords: Satisfação por compaixão; Autocompaixão; Afeto positivo; Ligação e proximidade aos outros; Reabilitação; Compassion satisfaction; Self-compassion; Positive affect; Social safeness; Rehabilitation
Issue Date: 30-Jul-2018
Serial title, monograph or event: O papel do sistema de tranquilização e afiliação e seus outputs na qualidade de vida profissional: a satisfação por compaixão em profissionais de reabilitação
Place of publication or event: Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
Abstract: No contexto da reabilitação, os profissionais de ajuda, pelos cuidados prestados e compaixão dirigida aos utentes, podem vivenciar uma sensação de profunda felicidade e conexão no contexto laboral: a satisfação por compaixão. A literatura identifica como preditores desta satisfação o autocuidado, a autocompaixão, o afeto positivo e o suporte social. No entanto, carece de investigação o papel do sistema de regulação emocional de tranquilização e afiliação (autocompaixão, outputs emocionais e relacionais, como o afeto positivo e a ligação e proximidade aos outros) na satisfação por compaixão em profissionais de reabilitação. Assim, o presente estudo visou explorar o impacto da autocompaixão, dos tipos de afeto positivo (i.e., ativo, relaxado, seguro) e da ligação e proximidade aos outros na satisfação sentida por estes profissionais. Uma bateria de instrumentos de autorresposta que medem as variáveis em estudo foi preenchida por 152 profissionais de Instituições Particulares de Solidariedade Social de apoio à pessoa com deficiência ou incapacidade. O estudo correlacional revelou associações positivas significativas, como esperado. Com recurso a uma regressão linear múltipla, verificou-se que o afeto ativo prediz a satisfação por compaixão. O modelo mediacional explicativo do papel da autocompaixão na satisfação por compaixão mediado pelo afeto ativo e ligação e proximidade aos outros mostrou-se significativo e explica 24% da variância da variável dependente. Os resultados sugerem que a estimulação do sistema de afiliação e tranquilização (ao qual está ligada a autocompaixão) se revela fundamental para a qualidade de vida que o profissional de reabilitação vivencia como cuidador (satisfação por compaixão).
Helping professionals, in the rehabilitation context, provide care and compassion to the individuals they assist. As such, they may experience compassion satisfaction, the state of happiness and connectedness derived from their role as a caregiver. Research has shown that self-care, self-compassion, positive affect and social support can contribute to compassion satisfaction. Nevertheless, there is an absence of studies exploring the role and the activation of the soothing system (self-compassion, emotional and social outputs, such as positive affect and social safeness) in compassion satisfaction felt by rehabilitation professionals. The present study aimed to understand the impact of self-compassion, types of positive affect (i.e., active, relaxed, safe) and social safeness in rehabilitation professionals’ compassion satisfaction. A series of self-report instruments measuring these variables were completed by 152 rehabilitation professionals. Correlational analysis demonstrated significant positive correlations, as expected. A multiple linear regression showed that active affect significantly predicts compassion satisfaction. A mediational model of the relationship between self-compassion and compassion satisfaction mediated by active affect and social safeness significantly explained 24% of the dependent variable’s variance. Thus, the results obtained suggest that of the soothing system (to which self-compassion is related) is fundamental to the quality of life experienced by the professional as a caregiver (compassion satisfaction).
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Psicologia apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação
URI: http://hdl.handle.net/10316/85591
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação_FINAL.pdf584.79 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

451
checked on Sep 15, 2022

Download(s) 50

384
checked on Sep 15, 2022

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons