Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/84695
Title: Relatório de Estágio e Monografia intitulada “Plantas medicinais na gravidez”
Other Titles: Report of internship and Monograph entitled "Medicinal Plants in Pregnancy"
Authors: Gomes, Beatriz Sofia dos Santos 
Orientador: Alves, Elisabete de Fátima
Gonçalves, Maria José de Pinho Ferreira Miguel
Keywords: Farmácia comunitária; Plantas medicinais; Gravidez; Eficácia; Segurança; Community pharmacy; Medicinal plants; Pregnancy; Effectiveness; Safety
Issue Date: 6-Jul-2018
Serial title, monograph or event: Relatório de Estágio e Monografia intitulada “Plantas medicinais na gravidez”
Place of publication or event: Faculdade Farmácia Universidade Coimbra
Abstract: A fitoterapia tem sido usada ao longo de toda a história da humanidade, assim é normal que a utilização de plantas medicinais tenha passado de geração em geração para aliviar e tratar problemas de saúde. Nos dias de hoje a ciência tem capacidade de procurar os fundamentos teóricos que estão na origem desse uso tradicional, definir as indicações terapêutica, procurar os princípios ativos, estudar os mecanismos de ação, estabelecer as doses terapêuticas, prever interações com fármacos ou outras plantas, e investigar os efeitos secundários da utilização de plantas medicinais. Durante a gravidez a mulher passa por grandes alterações e experiencia sintomas causados pela própria gravidez. Para satisfazer as necessidades desta fase davida procura recursos que a ajudem. Numa tentativa de ter uma abordagem mais natural e mais segura sobre esta fase da sua vida procura plantas medicinais como uma solução. Nomeadamente o Zingiber officinale, o Vaccinium macrocarpon, a Vitis vinífera, o Prunus dulcis, a Valeriana officinalis, o Hypericum perforatum, o Ricinus communis, a Rubus idaeus, o Silybum marianum, e a Trigonella foenum-graecum. Contudo, as plantas medicinais podem provocar problemas na saúde e no desenvolvimento do seu bebé, como também problemas na sua própria saúde. Desta forma é necessário fornecer mais informação sobre este tema às grávidas e às mulheres em período de amamentação. Para isso também é preciso transmitir a informação já existente aos profissionais de saúde, e continuar a investigar acerca do uso de plantas medicinais na gravidez. Apenas o conhecimento nesta área pode prevenir e evitar consequências adversas para a mãe e para o bebé.
Phytotherapy has been used throughout human history, so it is normal that the use of medicinal plants has passed from generation to generation to alleviate and treat health problems. Nowadays, science has the capacity to search for the theoretical foundations behind this traditional use, to define therapeutic indications, to search for active principles, to study the mechanisms of action, to establish therapeutic doses, to predict interactions with drugs or other plants, and investigate the side effects of the use of medicinal plants. During pregnancy the woman undergoes major changes and suffers from some symptoms caused by the pregnancy itself. To meet the needs of this phase of life they look for resources to help them. In an attempt to take a more natural and safer approach on this phase of life they look at medicinal plants as a solution. In particular, Zingiber officinale, Vaccinium macrocarpon, Vitis vinifera, Prunus dulcis, Valeriana officinalis, Hypericum perforatum, Ricinus communis, Rubus idaeus, Silybum marianum, and Trigonella foenum-graecum. However, medicinal plants can cause problems in the health and development of the baby, as well as problems in the mother’s health. It is therefore necessary to provide more information on this topic to pregnant women and to breastfeeding women. For this, it is also necessary to transmit the information already available to health professionals, and to continue the investigation in the use of medicinal plants in pregnancy. Only knowledge in this area can prevent and avoid adverse consequences for the mother and the baby.
Description: Relatório de Estágio do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas apresentado à Faculdade de Farmácia
URI: http://hdl.handle.net/10316/84695
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Documento Unico.pdf3.18 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 20

646
checked on Nov 24, 2021

Download(s) 50

660
checked on Nov 24, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons