Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/83746
Title: Ébola, um Vírus Emergente: Passado, Presente e Perspetivas Terapêuticas
Other Titles: Ebola, an Emerging Virus: Past and Present Times and Therapeutic Perspectives
Authors: Santos, Inês Louro dos 
Orientador: Maia, Paula Cristina Santos Luxo
Monteiro, Paulo Jorge Silva
Keywords: Vírus Ébola; Taxonomia; Ciclo de vida do vírus; Fármacos; Vacinas; Ebola virus; Taxonomy; Viral life cycle; Drugs; Vaccines
Issue Date: 26-Jul-2017
Serial title, monograph or event: Ébola, um Vírus Emergente: Passado, Presente e Perspetivas Terapêuticas
Place of publication or event: Farmácia São José Unipessoal, Lda.
Abstract: O vírus Ébola, conhecido desde 1976, é atualmente considerado um vírus emergente. Pensa-se que os morcegos da fruta são os hospedeiros naturais do vírus e a transmissão para o humano pode ocorrer por contacto com fluidos ou tecidos de pessoas ou animais infetados. Com uma elevada taxa de mortalidade, o vírus Ébola origina a supressão do sistema imunitário, alterações hematológicas e falência de vários órgãos. Na ausência de terapêuticas aprovadas, as estratégias atuais baseiam-se em medidas preventivas e em cuidados de suporte destinados a melhorar a sintomatologia do doente. O surto que assolou a África Ocidental entre 2013 e 2016 acelerou o desenvolvimento científico com o intuito de encontrar uma solução terapêutica e preventiva de futuros acontecimentos semelhantes. Surgiu rapidamente a necessidade de testar fármacos in vivo. Devido à severidade desta doença, os modelos animais têm de ser criteriosamente escolhidos tendo em conta princípios de ética, as características em estudo e a similaridade modelo animal/humano. Também os ensaios clínicos são realizados de forma muito ponderada, por questões éticas. ZMapp, Favipiravir e o uso de interferões do tipo β-1 são fármacos considerados prioritários, já em ensaios clínicos, que estão a ser estudados no sentido de avaliar a eficácia e segurança no tratamento da doença por vírus Ébola. As vacinas rVSV-ZEBOV-GP, GamEvac-Combi e Ad26.ZEBOV/MVA-BN-Filo têm também mostrado resultados bastante promissores nos últimos tempos. Embora sejam necessários mais estudos para assegurar a eficácia e segurança dos fármacos e vacinas estudados, a comunidade científica atravessa uma fase otimista em relação ao trabalho desenvolvido até então.
Known since 1976, the Ebola is considered to be an emerging virus. Fruit bats are thought to be the natural hosts of this virus. The transmission to human beings can occur through contact with people or animal fluids or tissues infected. With a high mortality rate, it causes suppression of the immune system, hematological changes and organs failure. In the absence of approved therapies, current strategies are based on preventive measures and supportive care to improve the patient's symptomatology. The 2013-2016 outbreak in West Africa has accelerated the scientific development in order to find a therapeutic and preventive solution for future progressions. The need for testing drugs in vivo quickly arose. Due to the severity of this disease, animal models have to be carefully chosen, taking into account ethical principles, the characteristics under study and the animal model/human similarity. The clinical trials are carried out in a very cautious way, for ethical reasons. ZMapp, Favipiravir and the use of interferons β are drugs that are already under clinical trials and considered as a priority, that are being studied in order to evaluate the efficacy and safety on the treatment of the Ebola virus disease. The rVSV-ZEBOV-GP, GamEvac-Combi and Ad26.ZEBOV/MVA-BN-Filo vaccines are also presenting quite promising results in recent times. Although further studies are needed to ensure the efficacy and safety of the drugs and vaccines studied, the scientific community is optimistic about the work done so far.
Description: Relatório de Estágio do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas apresentado à Faculdade de Farmácia
URI: http://hdl.handle.net/10316/83746
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
InesLouroSantos2017.pdf4.26 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

483
checked on Sep 24, 2020

Download(s) 50

500
checked on Sep 24, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons