Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/83733
Title: "Impacto da privação do sono em humanos - terapêutica e abordagem farmacêutica"
Other Titles: "Impact of sleep deprivation on humans - therapeutic and pharmaceutical approach"
Authors: Vitório, Raquel Margarida Pereira 
Orientador: Pinto, Ana Cristina Freitas
Cotrim, Maria Dulce Ferreira
Keywords: sono; privação do sono; distúrbios do sono; benzodiazepinas; neurónios; sleep; sleep deprivation; sleep disorders; benzodiazepines; neurons
Issue Date: 3-Oct-2017
Serial title, monograph or event: "Impacto da privação do sono em humanos - terapêutica e abordagem farmacêutica"
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), saúde define-se como “o completo bem-estar físico, mental e social e não simplesmente a ausência de doenças”. Este conceito engloba uma visão multidimensional e dinâmica da noção de saúde.O sono é um dos aspetos fundamentais da vida do ser humano. Esta importância deve-se à diversidade das suas funções: termorregulação, conservação de energia, consolidação de aspetos cognitivos, restauração de sistemas e componentes celulares. Sendo uma condição fisiológica complexa, o sono, tem sido alvo de interesse e estudo desde a antiguidade ganhando uma compreensão mais profunda com os avanços científicos nas áreas da neurofisiologia, medicina e farmacologia.A privação do sono pode condicionar negativamente a saúde do individuo a curto e longo prazo, constituindo um risco acrescido para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares, diabetes, problemas cognitivos e comportamentais.Estima-se que 20% da população portuguesa tenha dificuldade em adormecer, acorde de forma precoce ou várias vezes durante a noite. Aliado a isto, Portugal é dos países europeus com maior consumo de fármacos indutores do sono, segundo dados da Associação Portuguesa do Sono.Neste sentido é pertinente perceber até que ponto a privação do sono condiciona o indivíduo a curto e longo prazo e desenvolver um esforço interdisciplinar de consciencialização da população. O farmacêutico, enquanto agente promotor da saúde, assume um papel preponderante na sensibilização das populações para a adoção de bons hábitos de sono e, se for o caso, fornecer informação adequado ao bom uso dos medicamentos e promover a adesão terapêutica.
According to the World Health Organization (WHO), “health is a state of complete physical, mental and social well-being and not merely the absence of disease or infirmity”. This concept includes a multidimensional and dynamic view of the notion of health. Sleep is one of the fundamental aspects of the human being’s life. This importance is motivated by the diversity of its roles: thermos-regulation, energy preservation, consolidation of cognitive aspects and restoration of systems and cellular components. As a complex physiologic condition, sleep has been target of interest and study since antique times gaining a deeper understanding due to scientific advance in medicine, neurophysiology and pharmacology. Sleep deprivation can cause negative conditions to a subject health condition, both short and long term, causing an aggravated risk of getting cardiovascular diseases, diabetes and cognitive and behavior problems. It is estimated that 20% of the Portuguese population has problems falling asleep, wake up during night or prematurely. According to the Portuguese Sleeping Association (Associação Portuguesa do Sono), Portugal is also one of the biggest consumer of sleeping drugs. So, it is pertinent trying to understand how deeply can sleep deprivation affect an individual, long and short term and try to the population aware of this problem diverse areas of knowledge. As promoter of health, the pharmaceutic has an important role guiding people into having good sleeping habits and, when necessary, provide information about the correct use of sleeping drugs and compliance.
Description: Relatório de Estágio do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas apresentado à Faculdade de Farmácia
URI: http://hdl.handle.net/10316/83733
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Relatorio-Monografia Raquel Vitorio.pdf1.73 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

498
checked on Jul 2, 2020

Download(s) 50

485
checked on Jul 2, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons