Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/83280
Title: Uma história revelada pelas gentes do passado: Estudo antropológico do espólio ósseo humano exumado do Corredor e do Átrio do Sepulcro 2 dos Perdigões (Reguengos de Monsaraz).
Other Titles: A history revealed by the people of the past: Anthropological study of the human bones exhumed from the Corridor and Atrium of the Tomb 2 of Perdigões (Reguengos de Monsaraz).
Authors: Rodrigues, Tatiana Vanessa Oliveira 
Orientador: Silva, Ana Maria Gama da
Valera, António Carlos Neves de
Keywords: Calcolítico; populações pré-históricas portuguesas; sepultura coletiva; monumento tipo tholos; Perdigões; Chalcolithic; pre-historic Portuguese populations; collective burials; tholos type monument; Perdigões
Issue Date: 6-Sep-2017
Serial title, monograph or event: Uma história revelada pelas gentes do passado: Estudo antropológico do espólio ósseo humano exumado do Corredor e do Átrio do Sepulcro 2 dos Perdigões (Reguengos de Monsaraz).
Place of publication or event: Departamento de Ciências da Vida
Abstract: O principal objetivo da presente investigação é contribuir para o conhecimento dos indivíduos o do Calcolítico exumados do recinto dos Perdigões (Reguengos de Monsaraz). O material osteológico analisado é proveniente do Corredor e do Átrio do Sepulcro 2, tendo uma cronologia que aponta para os meados/terceiro quartel do 3º milénio AC.A análise foi dificultada pela elevada fragmentação dos restos ósseos assim como pelas concreções presentes na superfície óssea de um elevado número de ossos. Registou-se a presença de pigmento vermelho em diversos fragmentos ósseos, cujas análises químicas demonstraram que se trataria maioritariamente de cinábrio.As diversas abordagens utilizadas para analisar o tipo de inumação foram inconclusivas. Os ossos foram recuperados sem qualquer tipo de articulação, à exceção de um pé articulado na Fase 2i do Átrio. Porém, estão presentes ossos de todas as regiões do esqueleto, incluindo ossos do carpo e um osso hióide, de indivíduos adultos e não adultos. Espera-se que, com a conclusão do estudo de todos os restos ósseos recuperados deste túmulo se consiga obter uma interpretação mais clara das práticas funerárias ocorridas.A estimativa do NMI total é de 26 indivíduos, 16 adultos e dez não adultos. Estão presentes indivíduos adultos (incluindo seis adultos jovens), e não adultos de todas as faixas etárias. A amostra inclui indivíduos de ambos sexos, tendo sido detetados cinco indivíduos do sexo feminino e três, masculinos. Destaca-se a existência de ossos muito robustos de todas as regiões do esqueleto, incluindo manúbrios, clavículas, úmeros, fémures e tíbias. No âmbito da análise dos caracteres discretos, destaca-se a presença de abertura septal (2/3), e a ausência de faceta anterior no calcâneo (4/12). A nível patológico, os casos de artrose detetados são de grau mínimo, na extremidade proximal da ulna direita (2/7), no calcâneo esquerdo (3/7) e no manúbrio (1/5). As entesopatias são igualmente pouco severas, maioritariamente de grau 1, verificando-se apenas um caso de grau 2 numa patela esquerda (1/12). Os casos de trauma detetados são diminutos, traduzindo-se em fraturas remodeladas, encontrando-se em ossos do pé [falanges(n=112) e 4º metatarso direito (n=8)], num metacarpo e diáfise de um úmero direito (n=6). Relativamente à patologia dentária, é de salientar a ausência de cáries (0/213) assim como da perda de dentes antemortem (0/26). Registou-se um desgaste dentário médio de 1,63 (n=213), e os depósitos de tártaro registados são maioritariamente vestigiais (48/212). Nos dentes, foram ainda encontrados três dentes com hipoplasias do esmalte dentário (n=212), todas sob a forma de uma linha horizontal.Sempre que possível, tentou-se comparar os resultados obtidos com séries coevas, de forma a contribuir para o conhecimento das populações pré-históricas portuguesas.
The main goal of the present investigation is to contribute to the knowledge of the Chalcolithic individuals exhumed from the Perdigões Archaeological Complex (Reguengos de Monsaraz). The osteological material was unearthed from the Corridor and the Atrium of Tomb 2, dated to the mid/third quarter of the 3rd millennium BC.The analyses were conditioned by the fragmentation of the sample, as well as by the concretions in the cortical surface of the several bones. Several bone fragments showed the presence of red pigment, whose chemical analysis showed was mostly cinnabar.The several approaches used to analyse the type of burial were inconclusive. The only articulation recovered was a foot from Phase 2i of the Atrium. However, bones from all the regions of the skeleton, including carpal bones and one hyoid bone, from adults and non-adults individuals were presents. It is expected that with the conclusion of the study of all bone remains recovered from this tomb, a more thorough interpretation is achieved of the funerary practices that occurred there. The estimative of the total MNI is of 26 individuals, 16 adults and ten non-adults. The presence of adults (including six young adults), and non-adults individuals from all age groups was identified. The sample includes individuals from both sexes, and five female individuals and three masculine individuals were identified. The presence of robust bones from all the regions of the skeleton stands out, including manubrium, clavicle, humerus, femur and tibia. In scope of the analysis of the discrete traits the presence of septal aperture (2/3) and the absence of the anterior facet in calcaneus (4/12) also stands out. At a pathological level, all recorded cases of arthroses are of degree 1, including in the proximal end of the right ulna (2/7), in the left calcaneus (3/7) and in the manubrium (1/5). The enthesophaties show low severity, mostly of degree 1, with only one case of degree 2 lesion, identified in a left patella (1/12). The detected trauma cases are scarce as are remodelled fractures in feet bones [phalanges (n=212) and 4th right metatarsal (n=8)], in one metacarpal and in the diaphysis of one right humerus (n=6). No cariogenic lesions were detected (0/213) as well as antemortem tooth loss (0/26). The average dental wear is 1.63 (n=213) and the deposits of dental calculus are mostly vestigial (48/212). Three teeth display enamel hypoplasia (n=212), all of them under the form of one horizontal line. Whenever possible, we tried to compare the results of this investigation with the results obtained with coeval series, to contribute to the knowledge of the pre-historic Portuguese populations.
Description: Dissertação de Mestrado em Evolução e Biologia Humanas apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia
URI: http://hdl.handle.net/10316/83280
Rights: closedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
Dissertação de Mestrado Tatiana Vanessa Oliveira Rodrigues.pdf30.99 MBAdobe PDFEmbargo Access    Request a copy
Show full item record

Page view(s)

386
checked on Jul 14, 2020

Download(s) 50

351
checked on Jul 14, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons