Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/82708
Title: Atitudes face ao Consumo Ético - Influência da Intenção de Compra de Roupa Ecológica Peru-Portugal
Other Titles: Attitude Towards Ethical Consumption - Influence on the intention to buy Ecological Clothes
Authors: Echeverría, Zinder Pamela León 
Orientador: Coelho, Arnaldo Fernandes Matos
Keywords: Atitudes face ao consumo ético; Intenção de compra de roupa ecológica; Attitudes towards ethical consumption; Intention to buy ecological clothes
Issue Date: 30-Sep-2017
Serial title, monograph or event: Atitudes face ao Consumo Ético - Influência da Intenção de Compra de Roupa Ecológica Peru-Portugal
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: A atitude para o consumo ético se forma a partir de valores aprendidos na infância e informações recebidas ao longo da vida sobre benefícios e prejuízos ambientais causados pelos seres humanos (Dias, 2007). Estas experiências e conhecimentos arraigados são decisivos no momento da intenção de compra de roupa ecológica. (Calomarde, 2000).O presente estudo pretende reforçar a investigação em torno do construto Atitude face ao Consumo Ético, identificando quais os seus antecedentes e consequentes tendo como foco o a intenção de compra de roupa ecológica no Peru e em Portugal. Como proposta base para antecedentes consideraram-se os construtos Envolvimento na moda, Consciência de preços, Consciência de valor, Idealismo, Egoísmo, Influência Social e Crenças pró-ambientais. Como variável central e mediadora da investigação é a atitude face ao consumo ético, que depois tem as suas respetivas variáveis consequentes, considerando-se a Satisfação com a vida, Atitude face à compra de roupa ecológica e a Intenção de compra de Roupa Ecológica O aspeto inovador do estudo é que por primeira vez tem sido comparado a atitude para o consumo ético num país da América do Sul e num país europeu, Peru e Portugal respetivamente.Por forma a responder ao objetivos delineados foi aplicado um questionário a consumidores peruanos tendo o mesmo sido distribuído online, através de redes sociais do Facebook. Foram obtidas respostas válidas respeitantes a 256 questionários. Também foi aplicada a investigação nos consumidores portugueses os quais responderam 264 inquéritos através das redes sociais Facebook, Linkedin e também por questionários físicos.Ambos questionários tinham os mesmos itens, traduzidos na língua de cada país respetivamente.Com base nos dados obtidos, e com recurso ao Modelo de Equações Estruturais, foi possível verificar que, para o caso das perceções relativas a Peru, a Consciência de preços, o Egoísmo e as Crenças Pró-ambientais são antecedentes, e a Satisfação com a vida, a Atitude face à compra de roupa ecológica e a Intenção de compra de roupa ecológica são consequentes. Para o caso de Portugal, comprovaram-se como antecedentes o Egoísmo, o Idealismo e as Crenças Pró-ambientais, e a Satisfação com a vida, a Atitude face à compra de roupa ecológica e a Intenção de compra de roupa ecológica são consequentes. O Envolvimento na moda, a Consciência de Preços e a Influencia Social não foi, em nenhum dos casos, significativas enquanto antecedentes. A análise dos dados permitiu ainda verificar que a Atitude face ao Consumo ético tem de facto uma influência positiva quer na Satisfação na vida quer nas atitudes face à compra de roupa ecológica. Ajzen e Fishbein (1977) afirmaram que para fortalecer a relação entre atitude e comportamento, os pesquisadores devem incluir outras variáveis intervenientes prováveis, como diferentes representações de atitude em relação a diferentes objetos, e combinando a especificidade de atitudes e medidas de comportamento.Afonso (2010) indica que parece haver uma predisposição crescente para o consumo ético e, por outro lado, uma cada vez maior preocupação do consumidor em quanto às questões ambientais. Os consumidores quando adquirem produtos ecológicos, não o fazem por curiosidade, o fazem por terem uma visão definida das vantagens ambientais da adquisição do produto.
The attitude towards ethical consumption is formed from values learned in childhood and information received during the life on benefits and environmental damages caused by the human beings (Dias, 2007). These ingrained experiences and knowledge are decisive at the time of the purchase of ecological clothes. (Calomarde, 2000). The present study intends to reinforce the research around the construct Attitude towards the Ethical Consumption, identifying its antecedents and consequents, focusing on the intention to buy ecological clothes in Peru and Portugal.As a base proposal for antecedents we considered the constructs "Fashion Involvement", "Price Awareness", "Value Awareness", "Idealism", "Social Influence" and "Pro-environmental Beliefs".A central variable and mediator of the investigation is the attitude towards ethical consumption, which has its respective variables, considering satisfaction with life, attitude towards the purchase of ecological clothing and the intention to purchase Ecological ClothingThe innovative aspect of the study is the first time the attitude towards ethical consumption has been compared in a country of South America and in a European country, Peru and Portugal respectively.In order to respond to the outlined objectives, a questionnaire was applied to Peruvian consumers and it was distributed online through Facebook social networks. Valid answers were obtained for 256 questionnaires. Research was also applied to Portuguese consumers, who answered 264 surveys through social networks Facebook, Linkedin and also through physical questionnaires.Both questionnaires had the same items, translated into the language of each country respectively.Based on the data obtained, and using the Structural Equations Model, it was possible to verify that, in the case of perceptions regarding Peru, Price Consciousness, Egoism and Pro-Environmental Beliefs are antecedents, and Satisfaction with life, the attitude towards the purchase of ecological clothes and the intention to buy ecological clothes are consequent.In the case of Portugal, Egoism, Idealism and Pro-Environmental Beliefs, and Satisfaction with Life, Attitude with respect to the purchase of ecological clothing and the intention to purchase ecological clothing have been proven to be antecedent. The Involvement in fashion, Price Awareness and Social Influence was not, in any of the cases, significant as antecedents. The analysis of the data also allowed us to verify that Attitude in relation to Ethical consumption has a positive influence both in the satisfaction in life and in the attitudes towards the purchase of ecological clothes. Ajzen and Fishbein (1977) stated that in order to strengthen the relationship between attitude and behavior, researchers should include other likely intervening variables, such as different representations of attitude toward different objects, and combining the specificity of attitudes and behavioral measures.
Description: Dissertação de Mestrado em Marketing apresentada à Faculdade de Economia
URI: http://hdl.handle.net/10316/82708
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
ZINDER LEON ECHEVERRIA TESE FINAL.pdf4.14 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

414
checked on Apr 1, 2020

Download(s) 50

389
checked on Apr 1, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons