Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/82663
Title: Fatores que influenciam Qualidade de Vida percebida por crianças e adolescentes
Other Titles: Factors involved in children's and adolescents perceived Quality of Life
Authors: Gomes, Fábio Miguel Silva 
Orientador: Caetano, Inês Rosendo Carvalho e Silva
Santiago, Luiz Miguel de Mendonça Soares
Keywords: qualidade de vida; qualidade de vida relacionada com saúde; criança; adolescente; quality of life; health related quality of life; child; adolescent
Issue Date: 28-May-2018
Serial title, monograph or event: Fatores que influenciam Qualidade de Vida percebida por crianças e adolescentes
Place of publication or event: FMUC
Abstract: Background: Health Related Quality of Life is seen as the measure to assess the perceptionone has of their Quality of Life related to health aspects. In children and adolescents thisassessment is particularly relevant since evidence shows that lower Health Related Quality ofLife outcomes are associated with the development of certain diseases as depression andobesity.Aim: To know which factors present in a pictographic representation tool contribute the mostto the Quality of Life of children and adolescents of a portuguese school, according to theirgender, age group and reported Quality of Life.Methods: Application of a pictographic representation tool for the variables “school”,“family”, “friends”, “sports”, “books”, “mobile phone or tablet”, “television” and “others”,and application of a faces scale to evaluate Health Related Quality of Life. Sample of 257individuals that represents a population of 610 children and adolescents with ages between 8and 16 years old in a portuguese school. Descriptive and inferential analysis with the softwareSPSS®, Statistical Package for the Social Sciences using parametric tests, chi-squared testand the Mann-Whitney U test for a statiscally significant value of p<0.05. Results: In the sample of 257 individuals there are 131 males (51.0%). About 64.6% (166students) of the participants are children while 36.2% (86 participants) are adolescents. Thedifferences found between genders are not significative. It was found that children have betterresults of Health Related Quality of Life comparing to adolescents (p<0.001). In thepictographic representation tool, among genders were found significative differences in thevariables “books” (p=0.017) and “sports”(p=0.001); the significative differences betweenchildren and adolescents are in the variables “school” (p=0.012), “family” (p=0.009), “books”(p=0.009), “mobile phone or tablet” (p=0.001) and “others” (p=0.006); according to the perceived Quality of Life there are differences in the variables “friends” (p=0.028) and“others” (p=0.012).Discussion and conclusions: For the boys “sports” are more important to their Quality ofLife than for girls, while the variable “books” is significantly more important for the girls.Children see as more important for their Quality of Life the variables “school”, “family” and“books” comparing to adolescents who consider more important the variables “mobile phoneor tablet” and “others”. The variable “friends” is more important for those with “Bad Qualityof Life”.
Introdução: A Qualidade de Vida Relacionada com Saúde refere-se à Qualidade de Vidaque se encarrega de analisar aspetos relacionados com a saúde e é utilizada como medida queavalia a perceção do indivíduo sobre a sua saúde. Nas crianças e adolescentes, a avaliação daQualidade de Vida percecionada tem ganho uma grande importância pois evidênciademonstra que piores resultados de Qualidade de Vida Relacionada com Saúde nestapopulação estão associados ao desenvolvimento de patologias como depressão e obesidade.Objetivo: Conhecer que fatores presentes numa escala de representação pictográfica maisinfluenciam a Qualidade de Vida de crianças e adolescentes de uma escola de Coimbra deacordo com o seu sexo, grupo etário e Qualidade de Vida reportada.Materiais e métodos: Aplicação de uma escala de representação pictográfica para asdimensões “escola”, “família”, “amigos”, “desporto”, “livros”, “telemóvel ou tablet”,“televisão” e “outros”, e utilização de uma escala de faces para avaliar a Qualidade de VidaRelacionada com Saúde. Estudo realizado numa amostra de 257 indivíduos representativa deuma população de 610 crianças e adolescentes com idades entre os 8 e os 16 anos quefrequentam uma escola básica do concelho de Coimbra. Realizou-se a análise estatísticadescritiva e inferencial com o programa SPSS®, Statistical Package for the Social Sciences,tendo-se utilizado testes paramétricos, qui-quadradado e teste U de Mann-Whitney para umvalor estatisticamente significativo de p<0,05.Resultados: Na amostra estudada existem 131 indivíduos do sexo masculino (51,0%). Cercade 64,6% (166 alunos) dos participantes são crianças enquanto 36,2% (86 dos participantes)são adolescentes. As diferenças nos resultados de Qualidade de Vida Relacionada com Saúdeencontradas entre sexo masculino e feminino não são significativas. Verificou-se que ascrianças apresentam melhores resultados de Qualidade de Vida Relacionada com Saúde 6comparativamente aos adolescentes (p<0,001). Na escala de representação pictográfica, entresexos existem diferenças significativas nas dimensões “livros” (p=0,017) e “desporto”(p=0,001), sendo que entre crianças e adolescentes encontram-se diferenças nos fatores“escola” (p=0,012), “família” (p=0,009), “livros” (p=0,009), “telemóvel ou tablet” (p=0,001)e “outros” (p=0,006); de acordo com a Qualidade de Vida percecionada encontramosdiferenças significativas nas dimensões “amigos” (p=0,028) e “outros” (p=0,012).Discussão e conclusões: Para os rapazes o “desporto” é mais importante para a sua Qualidadede Vida do que para as raparigas e a dimensão “livros” é significativamente mais importantepara a Qualidade de Vida das raparigas. Crianças consideram como mais importante para asua Qualidade de Vida as dimensões “escola”, “família” e “livros” em comparação com osadolescentes que consideram mais importantes as dimensões “telemóvel ou tablet” e “outros”.O fator “amigos” é mais importante para aqueles com “Má Qualidade de Vida”.
Description: Trabalho Final do Mestrado Integrado em Medicina apresentado à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/82663
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
TF MIM 2018.pdf577.93 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

425
checked on Jul 2, 2020

Download(s) 50

390
checked on Jul 2, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons