Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/82534
Title: Hipogonadismo Tardio no Homem Idoso
Other Titles: Late-Onset Hypogonadism
Authors: Eliseu, Afonso Nobre Cortesão 
Orientador: Verissimo, Manuel Teixeira Marques
Keywords: hipogonadismo tardio; sinais e sintomas; terapia de substituição de testosterona; homem idoso; fisiopatologia; late-onset hypogonadism; signs and symptoms; testosterone replacement therapy; elderly male; pathophysiology
Issue Date: 29-May-2018
Serial title, monograph or event: Hipogonadismo Tardio no Homem Idoso
Place of publication or event: Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra - Azinhaga de Sta. Comba, Celas 3000-548 Coimbra
Abstract: O envelhecimento caracteriza-se por um conjunto de alterações que progressivamente determinam uma perda funcional transversal a todos os aparelhos e sistemas do organismo humano. No homem, a capacidade reprodutora e sexual não é exceção. A perceção cada vez mais clara de que existe uma relação entre o declínio andrógeno e uma constelação de sinais e sintomas desfavoráveis no homem idoso levou a que se concetualizasse o Hipogonadismo Tardio, do inglês Late-Onset Hypogonadism (LOH). Em Março de 2018 foi efetuada uma pesquisa bibliográfica utilizando os motores de busca PubMed e Google Scholar por artigos sobre LOH, dos quais foram admitidos apenas os considerados mais relevantes e de maior contribuição para o conhecimento atual. Demonstrou-se que o LOH está longe de ter uma definição universal, mas que existe consenso relativamente a algumas consequências e sinais de alerta a considerar. Destes, as mais específicas são as alterações do foro sexual. Contudo, há bastante evidência que aponta para a relação entre este declínio andrógeno e a obesidade central, a síndrome metabólica, a perda de massa muscular e de densidade mineral óssea, o aumento do risco de queda e fratura e ainda sintoma depressivos, entre outros. A Terapia de Substituição de Testosterona (TST) revela alguma eficácia na melhoria de vários parâmetros, mas os seus potenciais efeitos adversos continuam mal estudados. Assim sendo, conclui-se que esta síndrome põe em risco a saúde e qualidade de vida de muitos homens. Como tal, e face à grande ambiguidade do conceito do LOH, bem como o elevado grau de incerteza relativamente à eficácia e riscos da TST, este é um assunto merecedor de mais investigação para padronizar os critérios que caracterizam esta doença e do procedimento a ter com os indivíduos que dela sofrem.
The ageing process is characterised by a set of changes that progressively determine a loss of function across all systems of the human body. In men, the reproductive and sexual functions are no exception. The ever growing notion that there is a clear relation between the androgen decline and a large set of signs and symptoms in the ageing male called for the naming of a new syndrome – Late-Onset Hypogonadism (LOH). In March of 2018 a systematic search for scientific articles focusing on LOH was carried out through several search engines, namely PubMed and Google Scholar, of which only the most relevant were chosen. The search showed that LOH is far from being universally defined. However, there appears to be some consensus regarding some of the consequences and sings to look out for. Among them, the most specific are sexual related symptoms. Nonetheless, there is also compelling evidence toward the relation between this androgen decline and central obesity, metabolic syndrome, loss of muscle and bone density, increased fall and fracture risk as well as depressive symptoms among others. Testosterone Replacement Therapy (TRT) shows some improvement over several parameters. However, doubt remains concerning it’s potencial adverse effects. In conclusion, this syndrome has a harmfull impact on the health and lives of many men, thus, and in the face of such ambiguity regarding it’s definition and the uncertainty still clouding the effects of TRT, this is a matter deserving of more investigation to create a widely approved set of criteria for LOH and a proper conduct to follow when dealing with the men that suffer from it.
Description: Trabalho Final do Mestrado Integrado em Medicina apresentado à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/82534
Rights: closedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
Tese - Afonso N Eliseu PDF.pdf426.56 kBAdobe PDF    Request a copy
Show full item record

Page view(s) 50

440
checked on Oct 14, 2021

Download(s) 50

375
checked on Oct 14, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons