Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/82256
Title: Caracterização da interface adesiva em dentina após o jateamento com Al2O3 - Estudo piloto
Other Titles: Adhesive interface characterization in Al2O3 sandblasted dentin - Pilot study
Authors: Cruz, Liliana Sofia Pinto da 
Orientador: Ramos, João Carlos Tomás
Almeida, Rui Isidro Falacho da Fonseca
Keywords: Dentina; Jateamento; Óxido de Alumínio; Adesão Dentinária; Microscopia Eletrónica de Varrimento; Dentin; Sandlasting; Aluminum oxide; Dentin adhesion; Scanning Electron Microscopy
Issue Date: 21-Jul-2017
Serial title, monograph or event: Caracterização da interface adesiva em dentina após o jateamento com Al2O3 - Estudo piloto
Place of publication or event: Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
Abstract: Introdução: A adesão dentinária representa um desafio na Medicina Dentária, sendo que a formação da camada híbrida é um fator crítico para o seu sucesso. São conhecidas diversas formas para preparar a dentina para a adesão. Existe alguma especulação sobre a possibilidade de o jateamento da dentina com partículas de óxido de alumínio poder promover uma melhoria na limpeza da cavidade preparada e na adesão a este substrato. Contudo, a inexistência de estudos objetivos sobre os efeitos deste tratamento de superfície torna a técnica controversa e sem bases científicas para aplicação clínica. O objetivo deste trabalho é realizar um estudo piloto que analise ultramorfologicamente os efeitos do jateamento com óxido de alumínio na dentina bem como na interface adesiva produzida com dois sistemas adesivos.Materiais e Métodos: Utilizaram-se dois molares inferiores extraídos que se seccionaram diversas vezes transversalmente de modo a obter discos de dentina, sendo que cada disco foi posteriormente dividido em 4 partes que constituíram o substrato para as amostras em estudo. As amostras (1/4 de disco) foram distribuídas por 6 grupos de acordo com tratamento da superfície e a aplicação de sistema adesivo: 3 grupos foram jateados com partículas de óxido alumínio sendo que em dois dos foram aplicados dois sistemas adesivos diferentes (self-etch de 2 passos e total-etch de 3 passos); os outros 3 grupos não foram jateados, sendo que em 2 deles foram aplicados os sistemas adesivos referidos. Posteriormente as amostras foram preparadas, revestidas e observadas por microscópia eletrónica de varrimento por duas incidências e várias ampliações.Resultados: Nos grupos com dentina “normal”, não jateada, foi possível observar a morfologia típica da dentina, da smear layer e das interfaces adesivas. Contudo, nos grupos em que a dentina foi jateada com óxido de alumínio foi possível detetar a presença de uma camada de dentina “amorfa”, compactada e densa, semelhante a uma smear-layer produzindo interfaces adesivas menos definidas e mais irregulares em ambos os sistemas adesivos testados.Conclusão: Tendo em consideração as limitações do presente estudo, verificou-se que o jateamento da dentina com óxido de alumínio promove a formação de uma smear layer com aspeto atípico, mais denso e compacto que parece dificultar a ação dos sistemas adesivos avaliados.
Introduction: Dentin adhesion represents a challenge in dentistry and the formation of the hybrid layer is a critical factor for its success. There are several ways to prepare dentin for adhesion. There is some speculation that dentin sandblasting with aluminum oxide particles may promote improved cleaning of the prepared cavity and adhesion to this substrate. However, the lack of objective studies on the effects of this surface treatment renders the technique controversial and without scientific basis for clinical application. The purposes of this work is to conduct a pilot study that analyzes ultramorphologically the effects of sandblasting with aluminum oxide on the dentin as well as on the adhesive interface produced with two adhesive systems.Materials and Methods: Two extracted lower molars were used which were cross-sectioned several times to obtain dentin disks, and each disc one being divided into 4 parts that constituted the substrate for the samples under study. The samples (1/4 disk) were distributed in 6 groups according to surface treatment and the application of adhesive system: 3 groups were sandblasted with aluminum oxide particles and in two of them were applied two different adhesive systems (self- 2-step etch and 3-step total-etch); The other 3 groups were not sandblasted and in 2 of them the referred adhesive systems were applied. Subsequently the samples were prepared, coated and observed through scanning electron microscopy by two incidences and several enlargements.Results: In the groups where normal dentin is present, we seem to observe the typical morphology of dentin, smear layer and adhesive interfaces. However, in the groups where the dentin was sandblasted with aluminum oxide, it is possible to detect the presence of a compact and dense amorphous dentin layer similar to a collapsed dentin and an irregular and poorly defined adhesive interface in both adhesive systems.In the groups with "normal", not sandblasted dentin, we seem to observe the typical morphology of dentin, smear layer and adhesive interfaces. However, in the groups where the dentin was sandblasted with aluminum oxide, it was possible to detect the presence of compact and dense "smear-layer" amorphous dentin layer producing less defined and more irregular adhesive interfaces in both adhesive systems tested.Conclusion: Considering the limitations of the present study, it was verified that the sandblasting of the dentin with aluminum oxide promotes the formation of an atypical, denser and more compact smear layer that seems to hamper the action of the evaluated adhesive systems.
Description: Trabalho de Projeto do Mestrado Integrado em Medicina Dentária apresentado à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/82256
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Liliana Cruz - tese final.pdf3.2 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

486
checked on Sep 27, 2022

Download(s) 50

507
checked on Sep 27, 2022

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons