Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/82249
Title: Efeito das atitudes e comportamentos alimentares parentais na alimentação dos filhos
Other Titles: EFFECT OF PARENTAL ATTITUDES AND NUTRITIONAL HABITS ON THEIR CHILDREN EATING BEHAVIOUR
Authors: Pereira, Mariana Rodrigues 
Orientador: Teixeira, Maria Del Carmen Bento
Oliva, Mónica Santos Brito
Keywords: alimentação pediátrica; distúrbio alimentar; Ortorexia Nervosa; ORTO-15; pediatric nutrition; eating disorders; Orthorexia Nervosa; ORTO-15
Issue Date: 22-Mar-2017
Serial title, monograph or event: EFEITO DAS ATITUDES E COMPORTAMENTOS ALIMENTARES PARENTAIS NA ALIMENTAÇÃO DOS FILHOS
Place of publication or event: COIMBRA
Abstract: Introdução: Os distúrbios alimentares são doenças psiquiátricas caracterizadas por alterações persistentes nos hábitos alimentares. Recentemente, surgiu um novo distúrbio, denominado Ortorexia Nervosa, caracterizado por uma obsessão patológica pela nutrição saudável. Contudo, não se sabe de que forma é que os pais com esta perturbação podem influenciar a alimentação dos seus filhos. Os objetivos deste estudo são: 1) caracterizar hábitos alimentares de uma população pediátrica; 2) verificar se existe correlação com as atitudes e os comportamentos alimentares dos pais. Métodos: Estudo transversal, descritivo e observacional, com base na recolha de dados através de um questionário relativo aos hábitos alimentares da criança e aos comportamentos alimentares dos pais, avaliados a partir de uma adaptação do Questionário de Frequência Alimentar e Hábitos Saudáveis da plataforma contra a obesidade da Direção Geral de Saúde e do questionário experimental ORTO-15, respetivamente. Foram apenas incluídas crianças com idade igual ou superior a 2 anos. Foi efetuada análise estatística em SPSS® 22 (p<0,05).Resultados: Amostra constituída por 320 inquéritos válidos, dos quais 51,9% eram do sexo masculino. A mediana da idade foi 7 anos. A percentagem de excesso de peso e de obesidade atingiu 24,38%. A população estudada referiu consumir com maior frequência fruta fresca, leite meio gordo, carnes brancas, peixe magro, massa, arroz, batata e salada. Depois da água, a bebida mais ingerida foi o sumo natural. Dentro dos doces, as bolachas foram as mais frequentemente consumidas. A gordura mais utilizada foi o azeite. Verificámos tendências ortoréxicas em 45 pais (14,1%), os quais apresentaram uma pontuação total no ORTO-15 inferior a 31,8. Os filhos deste grupo consumiram com maior frequência frutos (p=0,001), leguminosas (p=0,039), soja (p<0,001) e bebidas vegetais (p<0,001), assim como com menor frequência lácteos (p<0,05), carne (p=0,002), peixe (p=0,007) e doces (p<0,05). O Índice de Massa Corporal das crianças e jovens deste grupo não foi significativamente diferente do grupo de crianças e jovens cujos pais não apresentaram tendências ortoréxicas. Discussão e conclusão: Neste estudo verificou-se que o comportamento obsessivo dos pais ou cuidadores por uma alimentação saudável teve influência no regime alimentar da criança, promovendo o consumo de alguns alimentos mas restringindo outros. Tendo em conta a vital importância da alimentação em idade pediátrica, outros trabalhos deverão ser desenvolvidos com vista ao esclarecimento das questões levantadas neste estudo.
Introduction: Eating disorders are psychiatric illnesses characterized by persistent changes in eating habits. Recently, a new disorder has surfaced, termed Orthorexia Nervosa, which is characterized by a pathological obsession with healthy nutrition. We do not know, however, how parents with this disorder may influence their child’s nutrition. The aims of this study are: 1) to characterize the eating habits of a pediatric population; 2) to verify if there is a correlation between the parental attitudes and the nutritional habits;Methods: A cross-sectional, descriptive and observational study, based on the gathering of data through a questionnaire about the eating habits of the children and the eating behaviors of the parents, evaluated through an adaptation of Questionário de Frequência Alimentar e Hábitos Saudáveis from the platform against obesity from the Direção Geral de Saúde and the experimental questionnaire ORTO-15, respectively. Only children aged 2 and over were included. A statistical analysis was done using SPSS® 22 (p<0,05).Results: The study included 320 participants, of which 51,9% were male individuals. The median age was 7 years old. The percentage of overweight and obesity reached 24,38%. The population under study mentioned eating more frequently fresh fruit, semi-skimmed milk, white meat, lean fish, pasta, rice, potato, and salad. After water, the most consumed drink was natural fruit juice. As for sweets, biscuits were the most eaten. The most used fat was olive oil. Orthorexic tendencies were detected in 45 parents (14,1%), who had a total score on ORTO-15 below 31,8. The children of this group consumed fruits more frequently (p=0,001), legumes (p=0,039), soybean (p<0,001), and vegetable juices (p<0,001); as well as, less frequently, dairy products (p<0,05), meat (p=0,002), fish (p<0,001) and sweets (p<0,05). The Body Mass Index of the children and teenagers in this group was not significantly different from the Body Mass Index of the group of children whose parents showed no signs of orthorexic tendencies.Discussion and Conclusion: In this study, it was verified that the parents with an obsessive behavior about a healthy nutrition influenced the child’s eating habits, promoting the intake of some food but restricting other. Bearing in mind the vital importance of nutrition during the pediatric age, other researches must be done in order to clarify some of the questions this study has raised.
Description: Trabalho de Projeto do Mestrado Integrado em Medicina apresentado à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/82249
Rights: closedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
TESEMESTRADO.pdf512.08 kBAdobe PDF    Request a copy
Show full item record

Page view(s) 50

483
checked on Sep 29, 2022

Download(s) 50

375
checked on Sep 29, 2022

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons