Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/82149
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorPereira, Ana Telma Fernandes-
dc.contributor.advisorSantos, António João Ferreira de Macedo e-
dc.contributor.authorBrito, Maria João Franco Gomes de-
dc.date.accessioned2018-12-20T03:32:19Z-
dc.date.available2018-12-20T03:32:19Z-
dc.date.issued2018-05-17-
dc.date.submitted2019-01-22-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10316/82149-
dc.descriptionTrabalho Final do Mestrado Integrado em Medicina apresentado à Faculdade de Medicina-
dc.description.abstractIntrodução: A personalidade define-se como um conjunto de traços que representam diferenças individuais no padrão de comportamento, pensamento e emoção. É já conhecida a sua influência em vários processos cognitivo-afetivos, nomeadamente na Regulação Emocional/RE, que engloba a monitorização, avaliação e modificação de reações emocionais. Por sua vez, esta pode integrar-se num conceito mais abrangente, a Inteligência Emocional/IE –capacidade de discernir emoções, aceder-lhes e gerá-las de modo a que auxiliem o pensamento; de entendê-las e de as regular de modo a promover o crescimento emocional e intelectual. Sabe-se que individualmente estes construtos influenciam o bem-estar psicológico, mas ainda está por estudar o papel da relação entre eles nos níveis de perturbação psicológica e na avaliação que o indivíduo faz de si próprio (autoaceitação).Objetivo: Analisar as vias de influência de determinadas dimensões da Personalidade, RE e IE na Perturbação e Bem-estar psicológicos, através da utilização de modelos de mediação múltipla serial.Métodos: 308 estudantes universitários (68.1% do sexo feminino; idade médiaM = 21.2; DP = 2.36) preencheram os seguintes questionários de auto-resposta validados: HEXACO-60, versão de 15 itens do Questionário de Competência Emocional/QCE-15, Questionário de Regulação Emocional/QRE, dimensão de Auto-aceitação da Escala de Bem-Estar Psicológico de Ryff, e a Escala de Ansiedade, Depressão e Stress/EADS-21.Resultados: Os domínios de personalidade que se correlacionaram mais fortemente com as dimensões de RE e IE e também com os outcomes de Bem-estar/Perturbação psicológica foram a Extroversão e a Emocionalidade. Quanto às estratégias de RE, a que mais se correlacionou com as restantes variáveis em estudo foi a Supressão. Já das dimensões de IE, apenas a Expressão Emocional e a Capacidade para Lidar se correlacionaram significativamente tanto com as dimensões da personalidade como com os indicadores de bem-estar/perturbação psicológica. Na relação entre Emocionalidade e Perturbação Psicológica, os efeitos indiretos através da RE e IE contrariam o efeito direto da Emocionalidade. A Supressão e a Expressão Emocional apenas se constituem como mediadoras quando atuam em conjunto. No entanto, tal não se verificou para a relação entre Extroversão e Autoaceitação, em que apenas se constituíram como mediadores a Supressão e a Capacidade para Lidar. A Re-apreciação Cognitiva não mediou qualquer relação. Discussão e Conclusão: Em geral, o efeito da personalidade no bem-estar/perturbação psicológica, particularmente na Auto-aceitação, passa pela sua influência na Regulação Emocional e na Inteligência Emocional. Os resultados relativos à Re-apreciação Cognitiva, suscitam investigação adicional.por
dc.description.abstractIntroduction: Personality is defined as a set of traits that represent individual differences in their usual tendency to behave, think or feel in conceptually interrelated ways. Its influence in cognitive-affective processes is already known, namely Emotional Regulation/ER, which encompasses the monitorization, assessment and modification of emotional reactions. On other hand, one can look at Emotional Regulation as part of a broader concept – Emotional Intelligence/EI: the ability to differentiate emotions, to access them and to generate them in order to assist thinking; to understand and regulate them as to promote emotional and intellectual growth. It is known that these constructs have an influence in psychological well-being, but the role of their relationship in psychological distress and in one’s self-assessment (self-acceptance) is yet to be studied.Aim: To understand the interaction and influence pathways between dimensions of Personality, Emotional Regulation and Emotional Intelligence in Psychological Distress and Well-being through Multiple Serial Mediation Models.Methods: 308 college students (68.1% females), with ages ranging between 17 and 34 (M = 21.2; SD = 2.36) was surveyed using the already validated self-response questionnaires: HEXACO-60, 15-item version of Emotional Skills and Competence Questionnaire, Cognitive Emotional Regulation Questionnaire (Supression and Cognitive Reappraisal) Ryff’s Psychological Well-Being Scale (self-acceptance) and the 21-item Depression, Anxiety and Stress Scale.Results: From the HEXACO-60 domains, Extraversion and Emotionality have the strongest correlations with both the ER and EI domains and the psychological well-being/distress outcomes. Of the ER strategies Supression showed the strongest correlations. Regarding EI, only the Express and Label and the Manage and Regulate factors showed sufficient correlations with both personality traits and our outcomes. It was shown that between Emotionality and Psychological Distress the indirect effect mediated by Emotional Regulation and Intelligence counteracts the direct effect of Emotionality. Supression and the ability to Express and Label emotions only established themselves as mediators when acting together. However, between Extraversion and Self-Acceptance, only Suppression and the Manage and Regulate factor mediated the indirect effects. Cognitive Reappraisal did not establish itself as a mediator in any of the models tested. Discussion and Conclusion: In general, both Emotional Regulation and Inteligence seem to have a role in Psychological Distress and Well-being, especially in Self-Acceptance, a more intrapersonal dimension. The results obtained regarding Cognitive Reappraisal could lead to further investigation.eng
dc.language.isopor-
dc.rightsopenAccess-
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-sa/4.0/-
dc.subjectPersonalidadepor
dc.subjectRegulação Emocionalpor
dc.subjectInteligência Emocionalpor
dc.subjectPerturbação Psicológicapor
dc.subjectBem-Estar Psicológicopor
dc.subjectPersonalityeng
dc.subjectEmotional Regulationeng
dc.subjectEmotional Intelligenceeng
dc.subjectPsychological Distresseng
dc.subjectPsychological Well-Beingeng
dc.titlePersonalidade, Regulação Emocional e Perturbação Psicológicapor
dc.title.alternativePersonality, Emotional Regulation and Psychological Distresseng
dc.typemasterThesis-
degois.publication.locationServiço de Psicologia Médica-
degois.publication.titlePersonalidade, Regulação Emocional e Perturbação Psicológicapor
dc.peerreviewedyes-
dc.identifier.tid202051455-
thesis.degree.disciplineMedicina-
thesis.degree.grantorUniversidade de Coimbra-
thesis.degree.level1-
thesis.degree.nameMestrado Integrado em Medicina-
uc.degree.grantorUnitFaculdade de Medicina-
uc.degree.grantorID0500-
uc.contributor.authorBrito, Maria João Franco Gomes de::0000-0003-3657-4519-
uc.degree.classification20-
uc.degree.presidentejuriBos, Sandra Maria Rodrigues de Carvalho-
uc.degree.elementojuriSantos, António João Ferreira de Macedo e-
uc.degree.elementojuriTeixeira, Maria Del Carmen Bento-
uc.contributor.advisorPereira, Ana Telma Fernandes-
uc.contributor.advisorSantos, António João Ferreira de Macedo e-
item.fulltextCom Texto completo-
item.grantfulltextopen-
item.languageiso639-1pt-
crisitem.advisor.deptFaculty of Medicine-
crisitem.advisor.parentdeptUniversity of Coimbra-
crisitem.advisor.researchunitCNC - Center for Neuroscience and Cell Biology-
crisitem.advisor.orcid0000-0003-2180-2718-
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado
Files in This Item:
File Description SizeFormat
teseMJB_FINALÍSSIMA.pdf3.17 MBAdobe PDFView/Open
Show simple item record

Page view(s) 50

544
checked on Sep 27, 2022

Download(s) 50

708
checked on Sep 27, 2022

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons