Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/82085
Title: Intoxicação Etílica Aguda na Idade Geriátrica - Um Estudo Restrospetivo
Other Titles: Acute Alcohol Intoxication in the Geriatric Age - A retrospective study
Authors: Pais, Daniela Pato 
Orientador: Verissimo, Manuel Teixeira Marques
Mendes, Patrícia Filipa Afonso Pais Pacheco
Keywords: Intoxicação alcoólica; idoso; Portugal; Serviço de Urgência; Alcoholic intoxication; aged; Portugal; Emergency Service
Issue Date: 7-Jun-2017
Serial title, monograph or event: Intoxicação Etílica Aguda na Idade Geriátrica - Um Estudo Restrospetivo
Place of publication or event: Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
Abstract: Introdução: O alcoolismo tem grande prevalência na população geriátrica, com morbilidade física e psiquiátrica. No entanto, este distúrbio carece de estudos representativos da população portuguesa.Objetivo: Avaliar episódios de ida ao serviço de urgência (SU) de doentes com 65 ou mais anos, com alcoolémia registada e os seus antecedentes pessoais e medicação habitual, entre outros.Material e Métodos: Análise de 166 episódios de urgência, entre Janeiro de 2015 e Março de 2016, de doentes com idade igual ou superior a 65 anos e com doseamento de alcoolémia positivo. Consulta dos registos de urgência e da Plataforma de Dados de Saúde. Análise estatística usando o IBM SPSS Statistics® versão 22.0.Resultados: A amostra estudada era composta por 166 doentes(85,5% do sexo masculino e 14,5% do sexo feminino), com média de idade 73,84 anos e 2,47 idas ao SU por consumo de álcool. A maioria dos doentes tinha classificação Laranja na Triagem de Manchester, sendo que 45,2% tinham queda/trauma como motivo de ida ao SU. Apesar de 58,4% dos doentes ter hábitos crónicos registados no seu processo, apenas 20,5% tinham tentativa de desabituação antecedente. Cerca de 58,4% dos doentes tinham toma concomitante de benzodiazepinas, mas sem correlação com aumento de quedas. Cerca de 22,2% da amostra tinha Volume Globular Médio (VGM) acima dos 100fL, sendo que a maioria destes doentes tinham hábitos documentados, exceto os com idade superior a 85 anos. A alcoolémia e o número de idas ao SU variaram inversamente com a idade. Dos 15 doentes já falecidos, 66,6% tinham classificações de laranja ou vermelho na triagem e 40% faleceram no mês seguinte.Discussão e Conclusão: Esta análise obteve resultados inesperados que contrariam grandes estudos. Este estudo poderá ser complementado com amostras maiores, mais representativas da população atual portuguesa.
Introduction: Alcoholism has a great prevalence in the geriatric population with physic and psychiatric morbility. However, this disorder lacks representative studies in the portuguese population. Objective: To assess episodes of ingress in the emergency department (ED) of patients with 65 or more years of age, with registered blood alcohol content, their personal history and usual medication, among others.Material and Methods: Analysis of ED episodes between January 2015 and March 2016, of patients aged 65 years or older and with positive alcohol dosage. Consultation of the urgency records and the Health Data Platform. Statistical analysis using IBM SPSS Statistics® version 22.0.Results: The sample consisted of 166 patients (85.5% male and 14.5% female), mean age 73.84 years and 2,47 previous ED visits related with alcohol consumption. Most patients were classified as Orange in the Manchester Triage, with 45.2% having falls / trauma as the reason for going to the ED. Although 58.4% of the patients had chronic habits registered in their record, only 20.5% had attempted Alcohol detox. About 58.4% of the patients had concomitant benzodiazepines consumption, but no correlation with increased falls. About 22.2% of the sample had Globular Medium Volume (GMV) above 100fL, with the majority of these patients having documented habits, except those older than 85 years. Blood alcohol content and the number of alcohol related ED visits varied inversely with age. Of the 15 deceased patients, 66.6% had orange or red screening in the Manchester Triage and 40% died the following month.Discussion and Conclusion: This analysis has obtained unexpected results that contradict great studies. This study could be complemented with larger samples, more representative of the current portuguese population.
Description: Trabalho de Projeto do Mestrado Integrado em Medicina apresentado à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/82085
Rights: closedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
TESE FINAL Daniela Pais.pdf1.26 MBAdobe PDF    Request a copy
Show full item record

Page view(s) 50

407
checked on Jun 10, 2021

Download(s) 50

358
checked on Jun 10, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons