Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/82077
Title: Saúde mental e adições em ex‐atletas
Other Titles: Mental health and additions in ex-athletes
Authors: Veloso, Maria Miguel Cardona Mendes 
Orientador: Caetano, Inês Rosendo Carvalho e Silva
Verissimo, Manuel Teixeira Marques
Keywords: Atletas; Ansiedade; Depressão; Álcool; Substâncias ilícitas; Athletes; Anxiety; Depression; Alcohol; Substance abuse
Issue Date: 13-Jun-2017
Serial title, monograph or event: Saúde mental e adições em ex‐atletas
Place of publication or event: Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
Abstract: The end of a sports career is inevitable and the transition to a life with no more competition requires a social and professional adaptation from the athlete. In this period, plenty of adversities can arise such as depression, anxiety episodes, high alcohol intake and consumption of illicit substances, self-confidence problems, eating disorders and difficulties in the adaptation to a professional career. All this factors have only been superficially studied with who have finished a sports career and therefore the goal of this study is to comprehend the mental health and the addicted behavior (alcohol, tobacco and illegal drugs) of ex-athletes in a high level of competition in order to reflect about measures to take and specific points to be considered in this population group by the General Practitioner. The present study is cross-sectional observational. We questioned 82 ex-athletes who have participated at least once in the national team and 153 individuals with paired ages and gender, without the previous characteristics to obtain the control group. The electronic questionnaires included: identification, alcohol intake, tobacco consumption, illegal drugs use and mental health. We used descriptive and inferential statistical analysis (Chi-square test and Mann Whitney U test) to understand the differences between the two groups. We can conclude that the population of ex-athletes seems to have a greater susceptibility to depressive scenarios, stress, acute anxiety and also drug use but with no statistical meaning. We propose the execution of studies with a greater sample and taking into account the actual physical activity to know what aspects should be considered in an early intervention and in a multidisciplinary monitoring to support the athlete throughout his life after the sports abandonment
O fim da carreira desportiva é inevitável e a transição para uma vida sem competição desportiva requer uma adaptação social e profissional do quotidiano do atleta. Neste período podem surgir diversas adversidades, tais como depressão, crises de ansiedade, abuso de álcool e substâncias ilícitas, problemas de autoconfiança, transtornos alimentares, e, até mesmo problemas de adaptação à carreira profissional. Estes fatores estão pouco estudados na população que já terminou a carreira desportiva e o objetivo deste estudo visa compreender a saúde mental e comportamentos aditivos (álcool, tabaco e drogas ilícitas) de ex-atletas com nível elevado de competição no sentido de refletir sobre medidas a ser tomadas e pontos específicos a ter em atenção neste grupo populacional por parte do Médico de Família. É um estudo do tipo observacional transversal. Foram inquiridos 82 ex-atletas que tivessem participado pelo menos uma vez na seleção nacional, e 153 indivíduos com idades e sexos emparelhados, que não tivessem estas características, de forma a obter o grupo controlo. O questionário eletrónico incluía: identificação, consumo de álcool, consumo de tabaco, consumo de drogas ilícitas, e saúde mental. Recorreu-se a análise estatística descritiva e inferencial (teste do Qui-quadrado e teste U de Mann Whitney) com vista a perceber as diferenças entre os dois grupos. Conclui-se que a população de ex-atletas parece ter uma maior suscetibilidade para quadros depressivos, de stress e ansiedade grave, assim como para maiores consumos de drogas, mas sem significado estatístico. Propõe-se a realização de estudos com maior amostra e tendo em conta a atividade física atual, no sentido de perceber melhor quais os aspetos a ter em atenção aquando da intervenção precoce e seguimento multidisciplinar, capaz de apoiar um atleta ao longo da sua vida, após o abandono desportivo.
Description: Trabalho de Projeto do Mestrado Integrado em Medicina apresentado à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/82077
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
trabalhofinal6anoMMV.pdf317.66 kBAdobe PDFEmbargo Access    Request a copy
Show full item record

Page view(s) 50

435
checked on Jun 10, 2021

Download(s) 50

365
checked on Jun 10, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons