Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/81852
Title: Adesão ao rastreio do Cancro do Colo do Útero: papel da empatia do Médico de Família
Other Titles: Cervical cancer screening adherence: the role of the General Practitioner empathy
Authors: Ramos, Joana Patrícia Pereira 
Orientador: Caetano, Inês Rosendo Carvalho e Silva
Simões, José Augusto Rodrigues
Keywords: Adesão; Cancro do colo do útero; Empatia; Médico de Família; Rastreio; Early detection of cancer; Empathy; General Practitioner; Uterine cervical neoplasm; Patient compliance
Issue Date: 21-Mar-2017
Serial title, monograph or event: Adesão ao rastreio do Cancro do Colo do Útero: papel da empatia do Médico de Família
Place of publication or event: Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
Abstract: Introdução:O cancro do colo do útero é uma das neoplasias mais letais nas mulheres apesar de ser facilmente prevenível através de rastreio. Sabemos que a adesão ao rastreio é influenciada por vários fatores. Esta investigação tem como principal objetivo estudar a forma como a empatia do Médico de Família percecionada pelas utentes influencia a adesão ao rastreio. Estudou-se ainda o efeito de várias variáveis sociodemográficas e da informação e recomendação do exame dadas pelo Médico de Família e as razões para a não adesão ao exame bem como para a escolha do profissional de saúde com quem o realizaram. Métodos: Estudo do tipo observacional e transversal. A recolha de dados fez-se através de um questionário adaptado da escala Jefferson Scale of Patient Perceptions of Physician Empathy. Incluíram-se também questões para avaliar as restantes variáveis em estudo e para avaliar se já tinham realizado o rastreio e quando o fizeram pela última vez.O questionário aplicou-se a utentes de sete unidades do Agrupamento de Centros de Saúde Baixo Mondego entre os 25 e 64 anos que tinham útero e já tinham iniciado a vida sexual. Realizou-se estatística descritiva e inferencial para avaliar a relação entre as várias variáveis e a adesão ao rastreio do CCU. As questões abertas analisaram-se qualitativamente pelo método de análise de conteúdo temático.Resultados:Das 93,5% inquiridas que afirmaram já ter realizado o rastreio, 85,5% fizeram-no há três anos ou menos. As variáveis que apresentaram uma relação estatisticamente significativa com a adesão ao rastreio foram a situação laboral (empregada vs não empregada) (p=0,025), frequência de utilização dos cuidados do Médico de Família (p=0,002), recomendação da realização da citologia (p<0,001) e informação acerca do objetivo da citologia e sua realização pelo Médico de Família (p<0,001). A empatia do Médico de Família percecionada pelas utentes não apresentou relação estatisticamente significativa com a adesão ao rastreio (p=0,191). Discussão e conclusão: Observou-se uma adesão ao rastreio superior aos dados da Direção-Geral da Saúde para esta região.O facto de não se verificar uma relação estatisticamente significativa entre a empatia do Médico de Família percecionada pelas utentes e a adesão ao rastreio (p=0,191) pode ter ocorrido porque a amostra apenas contempla 10 utentes que nunca tinham aderido ao rastreio, sendo um possível viés no estudo da relação entre a adesão ao rastreio e as restantes variáveis em estudo.
Introduction:Uterine cervical neoplasm is one of the most deadly cancers in women even though it is easily preventable with screening. We know that the screening adhesion is influenced by several factors. The main aim of this investigation is to study how the patient perceptions of General Practitioner empathy influence the screening adhesion. The effect of various sociodemographic variables, information and recommendation of the examination given by the General Practitioner, the reasons for not taking the examination and the reason for choosing the health professional who performed the examination were also studied. Methods:Cross-observational study. The data collection was made with a survey adapted from the Jefferson Scale of Patient Perceptions of Physician Empathy. Questions to evaluate the other variables in study and if the screening had already been done and when it was done where also included.The survey was applied to users of seven health care units of the Agrupamento de Centros de Saúde Baixo Mondego between 25 and 64 years old with uterus and that had initiated their sex life. Descriptive and inferential statistics were performed to study the correlation between the variables and the uterine cervical neoplasm screening adhesion. The open-ended questions were analysed qualitatively through the thematic content analysis method.Results:From the 93,5% of women who had already done the screening 85,5% had done it three years ago or less.The variables that showed a statistically significant correlation with the adhesion to the screening were the employment situation (employed vs non-employed) (p=0,025), frequency of General Practitioner care use (p=0,002), recommendation to do the cytology (p<0,001) and information about the cytology aim and how it is performed from the General Practitioner (p<0,001).The patients’ perception of the General Practitioner empathy did not show any statistically significant correlation with the screening adhesion (p=0,191).Discussion and conclusion:The study showed a rate of adhesion superior to the data available from Direção-Geral da Saúde for this region.The fact that the patients’ perception of the General Practitioner empathy did not show any statistically significant correlation with the screening adhesion (p=0,191) can be assigned to having only 10 patients in the sample that had never done the screening, which can be a possible bias in the study of the correlation between doing the screening and the other variables in study.
Description: Trabalho de Projeto do Mestrado Integrado em Medicina apresentado à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/81852
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
tese submetida+capa.pdf859.48 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

462
checked on Dec 21, 2021

Download(s) 50

479
checked on Dec 21, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons