Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/801
Title: Estudo de genes candidatos na abordagem molecular da esquizofrenia e da doença bipolar : análise de linkage e de associação.
Authors: Ambrósio, Alda Maria Abreu Cardoso 
Orientador: Oliveira, Catarina Resende de
Keywords: Ciências Biomédicas; Genética Molecular
Issue Date: 2002
Abstract: A esquizofrenia e a doença bipolar são doenças multifactoriais complexas, nas quais os factores genéticos são decisivos para a expressão do fenótipo. A heterogeneidade clínica e genética que caracteriza estas doenças sugere o envolvimento dos sistemas dopaminérgico, serotoninérgico, glutamatérgico e gabaérgico na sua etiopatogenia. Deste modo, a estratégia do gene candidato foi utilizada para investigar um possível envolvimento de vários polimorfismos dos genes DRD2, DRD3, DRD4, 5-HT1Da, 5-HT1Dß, 5-HT2A, NMDAR1, GABAA ß2 e GABAA y2 na etiopatogenia da esquizofrenia e da doença bipolar, através de estratégias complementares e análise de linkage, respectivamente. Em relação à esquizofrenia, os resultados obtidos com as estratégias HRR, TDT, TRANSMIT e GENEHUNTER não revelaram associação e linkage entre os genes DRD2, DRD3, DRD4, 5-HT1Da, 5-HT1Dß, NMDAR1, GABAA ß2 e GABAA y2 e a esquizofrenia, pelo que, os resultados obtidos parecem sugerir que estes genes não desempenham um papel relevante na etiopatogenia desta doença na amostra estudada da população Portuguesa. No entanto, a associação observada entre o haplotipo T102 e Hist452 do gene 5-HT2A e a esquizofrenia sugere que o gene 5-HT2A poderá aumentar o risco de desenvolver a doença e, possivelmente, não será necessário nem suficiente para e expressão do fenótipo. Com excepção do gene NMDAR1, a análise de linkage efectuada com o GENEHUNTER não revelou evidência de linkage sugestivo ou significativo entre os genes DRD2, DRD3, DRD4, 5-HT1Da, 5-HT1Dß, 5-HT2A, GABAA ß2 e GABAA y2 e a doença bipolar. Assim, os resultados obtidos parecem sugerir que estes genes não desempenham um papel relevante na etiopatogenia da doença bipolar nas famílias estudadas da população Portuguesa. Relativamente ao gene NMDAR1, a análise de linkage revelou a existência de linkage sugestivo (NPL =2,489; p=0,004) entre o gene NMDAR1 e a doença bipolar sendo os resultados consistentes com a hipótese de que o gene NMDAR1 possa estar envolvido na etiopatogenia desta doença.
URI: http://hdl.handle.net/10316/801
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Doutoramento

Show full item record

Page view(s) 50

401
checked on Sep 15, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.