Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/79695
Title: Estômago, ambiente estéril? Não: Helicobacter pylori
Authors: Fonseca, Ana Lúcia Carvalho da 
Orientador: Cardoso, Olga Maria A. R. C.
Keywords: Helicobacter pylori; Terapia
Issue Date: Jul-2015
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Durante muitos anos, o estômago era considerado um ambiente estéril. Com o desenvolvimento da ciência e tecnologia, o conhecimento sobre este importante órgão foi sendo desvendado, percebendo-se que o seu ambiente afinal não é estéril. Helicobacter pylori tem a capacidade de crescer e desenvolver-se no ambiente acídico do estômago, provocando um conjunto de patologias gástricas, como gastrite crónica, úlcera péptica, linfoma associado a tecido linfoide da mucosa e cancro gástrico. Epidemiologicamente, H. pylori tem uma distribuição mundial, mas uma maior prevalência nos países em desenvolvimento. Para além da falta de recursos destes países, o aumento de resistências a antibióticos por parte de H. pylori e o complexo esquema de tratamento são problemas sociais aos quais devemos estar atentos. Devido à sua localização no corpo humano e à adesão às células epiteliais do estômago, o H. pylori é erradicado com inibidores da bomba de protões e antibióticos, aos quais se pode adicionar os probióticos no sentido de reduzir os efeitos indesejáveis. Nesta monografia, o estômago é caracterizado enquanto habitat deste microrganismo e o mecanismo de patogénese do H. pylori é descrito. Falar-se-á ainda das patologias associadas e dos possíveis esquemas terapêuticos a utilizar na erradicação desta bactéria.
For many years, the stomach was considered a sterile environment. With the development of science and technology, the knowledge on this important organ increased and it was disclosed that microorganisms are able to grow and proliferate in its environment. Helicobacter pylori is one of these microorganisms, growing in acidic environment of the stomach and inducing gastric pathologies, such as chronic gastritis, peptic ulcer disease, mucosa associated lymphoid tissue (MALT) and gastric cancer. In terms of epidemiology, H. pylori has a worldwide distribution but a higher prevalence in the developing countries. In addition to the lack of resources in these countries, the increase in antibiotic resistances and the complex treatment, are problems that need attention. Since H. pylori is located in the stomach in humans and it adheres to its epithelial cells, the treatment is based on proton pump inhibitors and antibiotics, adding probiotics to reduce side effects. In this work, we characterize the environment of the stomach as H. pylori habitat, describe its pathogenesis mechanisms and associated pathologies, as well as discuss the currently used treatments to eliminate this bacterium.
Description: Monografia realizada no âmbito da unidade de Estágio Curricular do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas, apresentada à Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/79695
Rights: openAccess
Appears in Collections:FFUC- Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
M_Ana Lúcia Fonseca.pdf1.21 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

319
checked on Sep 17, 2020

Download(s) 20

838
checked on Sep 17, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.