Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/79653
Title: Rastreio da infecção por citomegalovírus durante a gravidez : revisão sobre a controvérsia existente
Authors: Oliveira, Fátima Isabel Gonçalves 
Orientador: Barros, José Sousa
Malheiro, Maria Eugénia
Keywords: Infecções por citomegalovírus; Gravidez; infecção materna; infecção congénita; síndroma TORCH; surdez neurossensorial
Issue Date: Mar-2011
Abstract: O citomegalovírus, membro da família Herpesviridae e patogéneo humano ubíquo, é causa comum de infecção materno-fetal. Prematuridade, microcefalia, coriorretinite, hepatoesplenomegalia e disfunções auditivas, neurológicas e/ou cognitivas são algumas das manifestações desta patologia. A infecção por citomegalovírus, integrada no síndroma TORCH, continua a ser uma das infecções congénitas mais prevalentes nos países desenvolvidos, contudo, ao contrário de outras infecções importantes durante a gravidez (ex. toxoplasmose, rubéola e sífilis, entre outras), não se encontra sujeita à obrigatoriedade de rastreio. Este facto deve-se à aparente ineficácia das estratégias preventivas aplicáveis, quer pela dificuldade diagnóstica, quer pela falta de opções terapêuticas eficazes até então disponíveis. A infecção primária é a mais perigosa e transporta um risco significativo de morbi-mortalidade. Uma vacina profilática da infecção por citomegalovírus encontra-se em desenvolvimento com resultados promissores até à data, contudo mais estudos são necessários para comprovar a sua eventual eficácia e segurança. O objectivo deste trabalho prende-se com a controvérsia existente acerca da admissibilidade ou não do rastreio da infecção por citomegalovírus na grávida e toda uma panóplia de questões que se formulam ao redor deste tema: Existirá um plano preventivo e/ou terapêutico eficaz e seguro para oferecer às gestantes? Será eticamente correcto proceder ao rastreio de uma infecção sem que para ela existam opções preventivas e/ou terapêuticas a oferecer? Como proceder perante uma grávida relativamente à infecção por citomegalovírus?
Human cytomegalovirus (CMV), a member of the Herpesviridae family and an ubiquitous human pathogen, is a common cause of maternal-fetal infection. Prematurity, microcephaly, chorioretinitis, hepatosplenomegaly, hearing dysfunctions and neurologic and/or cognitive impairments are some of the manifestations of this disease. The CMV infection, included in the TORCH syndrome, remains one of the biggest congenital infections in the developed countries. However, despite other important infections during pregnancy (ex. toxoplasmosis, rubella and syphilis, among others), it isn’t object of screening programs. This is due to the seeming inefficacy of the available preventive strategies, either because the diagnostic is dificult, or because of the lack of an effective treatment option available so far. The primary infection is the most dangerous and carries a significant risk of morbidity and mortality. A prophylactic vaccine of CMV infection is under development with promising results until. However, more studies are needed to confirm its possible effectiveness and safety. The aim of this work deals with the controversy about the admissibility or not of the screening for CMV infection in pregnant women and a whole panoply of issues that are formulated around this theme: Is there a preventive plan and/or effective and safe therapeutic to offer to pregnant women? Is it ethically correct to proceed with a screening program for an infection that offers no preventive options and/or treatment? How to carry on bearing in mind a pregnant woman with CMV infection?
Description: Trabalho final de mestrado integrado em Medicina àrea científica de Obstetricia, apresentado à Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/79653
Rights: openAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Capa - Fátima Oliveira.doc59 kBMicrosoft WordView/Open
Tese Mestrado - Fátima Oliveira.pdf415.81 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

157
checked on Sep 17, 2020

Download(s)

125
checked on Sep 17, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.