Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/587
Title: Ópera na Amazónia na época da borracha (1880-1907) : Bug Jargal de José Cândido da Gama Malcher
Authors: Páscoa, Márcio Leonel Farias Reis 
Orientador: Cardoso, José Maria Pedrosa
Duprat, Régis
Keywords: Ciências Musicais Históricas; Ópera -- Brasil -- Séc. 19-20
Issue Date: 2-Oct-2003
Abstract: A partir da idéia de que a obra de arte reúne condições de explicar a si mesma e o ambiente, através da análise de elementos sincrônicos e diacrônicos, a presente dissertação de doutoramento volta-se não só para a expansão do entendimento e aplicação de teorias críticas da Arte, como para um objeto de investigação inédito; qual seja o da atividade cénico-musical da Amazónia, em particular a cidade de Belém (capital do Pará, então a maior cidade setentrional brasileira), durante os anos áureos da economia gomífera, na viragem dos séculos XIX para XX. Serviu ao propósito da tese um espécime musical que sobrevive apenas em cópia manuscrita do próprio autor, a despeito da sua exibição na altura de sua criação ter excedido os limites regionais, provocando repercussão constatável em várias publicações brasileiras e estrangeiras. Bug Jargal, com música de José Cândido da Gama Malcher (1853-1921) e libreto de Vincenzo Valle (1857-1890), baseia-se na novela homônima de Victor Hugo, que relata os acontecimentos históricos de São Domingos (atual Haiti). O desenvolvimento do tema escravagista e colonialista pelos autores do melodrama faz convergir assuntos universais ao palco das discussões maiores da época e reanima o debate sobre o projeto de emancipação do Homem, numa época marcada pelo choque cultural e a diversidade poética. Nitidamente embasado em fontes dramatúrgico-musicais coevas e valendo-se de grande quantidade de material temático-musical original, Bug Jargal não é só uma peça que se limite ao interesse musical; pois deita luz sobre as mentalidades de uma época e lugar que destacam-se pela profundidade de reflexão e elaboração de sua expressão. A tese está composta de três partes e possui um volume com dois anexos. A primeira parte com seis capítulos trata do ambiente teatral do Pará, seus antecedentes, influências e componentes. A segunda parte, com três capítulos, aborda os envolvidos na criação da ópera, a circunstância em que esta aconteceu e a sua recepção. A última parte, com sete capítulos, trata da confecção do melodrama. Dos anexos consta parte iconográfica e a transcrição, na íntegra, da versão para piano de Bug Jargal.
Description: Tese de doutoramento em Letras, área de Ciências Musicais (Ciências Musicais Históricas) apresentada à Fac. de Letras
URI: http://hdl.handle.net/10316/587
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FLUC Secção de Artes - Teses de Doutoramento

Show full item record

Page view(s)

241
checked on Sep 22, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.