Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/550
Title: Susceptibilidade aos agentes antimicrobianos de isolados clínicos de Pseudomonas aeruginosa : mecanismos de resistência aos carbapenemos
Authors: Cardoso, Olga Maria Antunes Rodrigues Carvalho 
Orientador: Peixe, Luísa Maria Sobreira Vieira
Leitão, Rui M. P. R.
Keywords: Microbiologia e Parasitologia
Issue Date: 25-Jul-2001
Abstract: A Pseudomonas aeruginosa é um bacilo de Gram negativo, não fermentador, que tem sido considerado um patogénico nosocomial importante, surgindo com uma elevada frequência em doentes hospitalizados. Neste trabalho pretendeu-se avaliar a susceptibilidade deste bacilo, proveniente de amostras de origem hospitalar (n=384) e ambulatório (n=141), a diferentes grupos de antibióticos, nomeadamente b-lactâmicos, aminoglicosídeos e quinolonas. No sentido de avaliar o contributo dos vários mecanismos de resistência associados aos carbapenemos procedeu-se, em quarenta isolados com comportamento variável ao imipenemo, ao estudo de: expressão de OprD e de sistemas de efluxo; produção de b-lactamases e de metalo-b-lactamases. Todos os isolados resistentes ao imipenemo, com excepção de três produtores de carbapenemase, mostraram perda ou diminuição de OprD, observando-se também, frequentemente, um aumento da CMI do meropenemo. A expressão da b-lactamase cromossómica AmpC tem um papel muito importante na resistência aos b-lactâmicos, verificando-se contudo para os carbapenemos que a sua expressão parcialmente desreprimida ou desreprimida, não é, isoladamente, suficiente para conferir resistência. Em três isolados hospitalares e num de ambulatório verificou-se a produção de uma metalo-b-lactamase. Estes isolados produtores de VIM apresentaram perfis de macrorestrição, após electroforese em campo pulsado, semelhantes. A contribuição de sistemas de efluxo, nos isolados resistentes à ciprofloxacina estudados, foi também verificada, o que corrobora a predominância deste mecanismo de resistência às fluoroquinolonas em P. aeruginosa e a sua influência na susceptibilidade aos carbapenemos. Vários destes mecanismos de resistência podem expressar-se em simultâneo, determinando um elevado nível de resistência aos b-lactâmicos e, designadamente, aos carbapenemos, antibióticos utilizados em monoterapia empírica.
Description: Tese de doutoramento em Farmácia (Microbiologia e Parasitologia) apresentada à Fac. de Farmácia da Univ. de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/550
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FFUC- Teses de Doutoramento

Show full item record

Page view(s)

303
checked on Sep 16, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.