Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/48471
Title: Drogas sintéticas: perspectiva baseada no panorama atual
Authors: Oliveira, João Luís Gomes de
Orientador: Costa, Saul Campos Pereira
Keywords: Drogas ílicitas; Psicotrópicos
Issue Date: Sep-2016
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: As drogas sintéticas/novas substâncias psicoativas representam uma forma cada vez mais popular e preocupante de uso recreativo de drogas, principalmente na população jovem. São criadas por manipulação da estrutura de moléculas já existentes, resultando num produto estruturalmente semelhante mas pouco idêntico à molécula que lhe deu origem. Estas substâncias são vendidas na internet, raves e head shops como incensos, herbicidas, ambientadores ou drogas legais e cujas formas de acondicionamento exibem avisos alertando que não são para consumo humano ou que são apenas para fins de pesquisa. Desta forma, os produtores conseguem contornar as leis de defesa do consumidor surgindo assim novas alternativas legais às substâncias banidas. É preocupante a frequência com que novas moléculas surgem, a facilidade de acesso às mesmas e os efeitos adversos que estas podem provocar. A falta de informação inerente aos sinais de intoxicação variados, os tratamentos a adotar e a incapacidade dos métodos de deteção para detetar estas substâncias, criam desafios constantes aos serviços de saúde, quando deparados com intoxicações por este tipo de substâncias. Portanto, um conhecimento profundo destas substâncias, dos seus sinais e sintomas de toxicidade e o consequente tratamento adequado, são cruciais para tratar apropriadamente estes pacientes.
Designer drugs or New Psychoactive Substances represent an increasingly popular and disturbing form of recreational drug abuse, particularly among young adults. They are created by manipulating the molecular structure of existing illegal molecules, resulting in a structurally similar but not identical compound. These substances are misleadingly sold in the internet, raves and head shops as incense, air fresheners or legal highs with the disclaimer “not for human consumption” or “only for research purposes”. Thus, it is possible to elicit laboratories avoid legal risks, providing legal alternatives to already notified substances. The relative ease production, the worryingly arrise, the easy access and the adverse effects they may cause, constantly create new challenges to health care services and providers. The lack of information about these drugs and the unable screening routine tests to detect them, difficult the manage of patients with signs of intoxication. Therefore, a thorough knowledge of the available designer drug, the common signs and symptoms of toxicity and consequent adequate treatment, are crucial to appropriately heal these patients.
Description: Monografia realizada no âmbito da unidade de Estágio Curricular do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas, apresentada à Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/48471
Rights: openAccess
Appears in Collections:FFUC- Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
M_Joao Oliveira.pdf1.11 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 20

591
checked on Sep 24, 2021

Download(s) 50

641
checked on Sep 24, 2021

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.