Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/48455
Title: Imunomodulação no tratamento da doença de Alzheimer
Authors: Santos, Joana Margarida Silvestre da Costa dos
Orientador: Neves, Bruno Miguel Rodrigues das
Keywords: Doença de Alzheimer; Imunomodulação; Imunoterapia
Issue Date: Sep-2016
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: A doença de Alzheimer (DA) é a causa mais comum de demência a nível mundial, afetando mais de 30 milhões de pessoas. Atendendo ao aumento da esperança média de vida, é espectável que o peso económico e social desta doença venha a aumentar drasticamente. A patogénese da doença tem sido associada à ocorrência de micro derrames bem como à agregação, deposição, modificação e acumulação de peptídeos Beta Amiloides (Aβ) e fosforilação e agregação da proteína Tau no cérebro. Assim, placas extracelulares, contendo várias formas de Aβ e nós neurofibrilares intracelulares, constituídos por proteínas Tau hiperfosforiladas, são os dois maiores marcadores patológicos da DA. A hipótese da cascata amiloide refere que a deposição Aβ é o evento inicial na patogénese da doença e que precede o aparecimento dos sintomas em largos anos. Atualmente, não existe cura ou maneira de prevenir a doença; as terapêuticas disponíveis apenas dão benefícios sintomáticos temporários. Novas abordagens imunoterapêuticas têm demonstrado ser relativamente eficazes na redução da acumulação Aβ, indicando que a intervenção é mais eficaz nas fases iniciais da doença, realçando a importância de um diagnóstico o mais precocemente possível. A terapêutica Aβ com imunização ativa e passiva tem um potencial elevado para ser eficaz na remoção destes peptídeos no cérebro, podendo, assim, retardar a progressão da patologia. Contudo, atingir resultados eficazes e seguros tem sido um grande desafio. Esforços estão a ser feitos continuamente para tratar indivíduos com risco de DA, antes ou nas fases iniciais do declínio cognitivo, com a esperança de prevenir ou atrasar a progressão da doença.
Alzheimer disease (AD) is the most common cause of dementia, afflicting more than 30 million people worldwide and, with the increase of life expectancy, the social and economic burden from this disease will increase drastically. The pathogenesis of the disease has been associated with the occurrence of micro-strokes in brain vasculature and with aggregation, deposition, modification and accumulation of amyloid beta peptides (Aβ) in the brain, as well as phosphorylation and aggregation of Tau protein. Thus, extracellular plaques containing various forms of Aβ and intracellular neurofibrillary tangles, composed of hyperphosphorylated Tau are the two major pathological hallmarks of the AD. The amyloid cascade hypothesis states that Aβ deposition is the initial event in the pathogenesis of the disease and that it precedes the symptoms in many years. Currently, there is no cure or way to prevent the disease; available therapies provide only temporary symptomatic benefits. However, novel immunotherapeutic approaches have been proven effective in reducing the accumulation of Aβ. These interventions were shown to be more effective in the early stages of the disease, enhancing the importance of an early diagnosis. Aβ therapy by active and passive immunization has a high potential to be effective in the removal of these peptides in the brain, and may, therefore, slow the progression of the disease. However, achieving effective and safe results has been challenging. Efforts are continuously being made to treat individuals at risk for AD, before or at the earliest stages of cognitive decline with the hope of preventing or delaying disease progression.
Description: Monografia realizada no âmbito da unidade de Estágio Curricular do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas, apresentada à Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/48455
Rights: openAccess
Appears in Collections:FFUC- Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
M_Joana Santos.pdf1.55 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

530
checked on Sep 10, 2021

Download(s) 50

392
checked on Sep 10, 2021

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.