Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/48285
Title: Artrite reumatóide : relação com HLADRB1 e seus efeitos na produção de anticorpos anti-CCP
Authors: Batista, Ana Isabel Ferreira 
Orientador: Paiva, Artur Augusto
Henriques, Maria João Salvador Daniel Santos
Keywords: Artrite reumatóide; Anticorpos; Reumatologia
Issue Date: Mar-2012
Abstract: Introduction: Rheumatoid arthritis is a chronic autoimmune inflammatory disease that primarily affects synovial joints, although it may also cause extrarticular damage. This disease affects about 1% of the worlwide population. The genetic component of this disease has been studied for years and many hypothesis have been put forward. Objectives: To analyse the association between rheumatoid arthritis and human leucocyte antigen-DRB1 alleles and its influence on susceptibility/protection in the development of this disease. To determine the connection between human leucocyte antigen-DRB1 alleles and the production of anti-cyclic citrullinated peptides antibodies in patients with rheumatoid arthritis. Development: Of the several genes suggested to be linked to the rheumatoid arthritis pathogenicity, a certain number of human leucocyte antigen-DRB1 alleles were inidicated as the major responsibles for the genetic etiology of this pathology, and some of them provide susceptibility while others provide protection. Human leucocyte antigen-DRB1 alleles predisposing for rheumatoid arthritis have an aminoacid sequence, called shared epitope that determines the presentation of particular autoantigenic peptides to the T cells. Human leucocyte antigen-DRB1 alleles containing the shared epitope sequence have the ability to bind to citrullinated peptides derived from auto-antigens, then, they are presented to T cells and, therefore, an immune response is stimulated, leading to the production of anticyclic citrullinated peptide antibodies. Conclusions: Some human leucocyte antigen-DRB1 alleles cause susceptibility to the disease, namely the allele *0401, among others. They share the aminoacid sequence called Artrite Reumatóide – Relação com HLA-DRB1 e seus efeitos na produção de anticorpos anti-CCP 3 shared epitope. The alleles that don’t share the referred sequence are considered as protective alleles. The presence of the aminoacid aspartic acid in the 70th position of the third hipervariable region of the DRB1 chain showed a protective tendency. The human leucocyte antigen-DRB1 alleles with the sequence DEERA in the positions 70 to 74 of the third hipervariable region of the DRB1 chain, also demonstrated to be protective against the disease. The production of anti-cyclic citrullinated peptide antibodies is associated with human leucocyte antigen-DRB1 alleles, raising the susceptibility to develop rheumatoid arthritis, however, it was not possible to show a direct causal connection between both aspects
Introdução: A artrite reumatóide é uma doença inflamatória auto-imune crónica que afeta em primeiro lugar as articulações sinoviais, embora possa ter, também, manifestações extra-articulares. Esta doença afeta cerca de 1% da população mundial. Desde há muitos anos que se tem vindo a estudar a componente genética ligada a esta doença e já várias hipóteses foram avançadas. Objectivos: Analisar a relação entre a artrite reumatóide e os alelos do locus DRB1 dos antigénios leucocitários humanos e a sua influência na suscetibilidade/proteção que os mesmos exercem no desenvolvimento desta patologia. Determinar a ligação entre os alelos do locus DRB1 dos antigénios leucocitários humanos e a produção de anticorpos anti-peptídeo cíclico citrulinado em doentes com artrite reumatóide. Desenvolvimento: De entre os vários genes apontados como associados à patogenia da artrite reumatóide, um certo número de alelos do locus DRB1 dos antigénios leucocitários humanos foram indicados como os principais responsáveis pela etiologia genética desta patologia, sendo que alguns conferem suscetibilidade e outros conferem proteção. Os alelos do locus DRB1 dos antigénios leucocitários humanos que predispõem para a artrite reumatóide contêm uma sequência de aminoácidos, chamada shared epitope, que determina a apresentação de determinados peptídeos auto-antigénicos aos linfócitos T. Os alelos do locus DRB1 dos antigénios leucocitários humanos que contêm a sequência shared epitope têm a capacidade de se ligar a peptídeos citrulinados derivados de autoantigénios, seguidamente, estes são apresentados aos linfócitos T e, consequentemente, é estimulada uma resposta imunitária, que leva à produção de anticorpos anti-peptídeo cíclico citrulinado. Artrite Reumatóide – Relação com HLA-DRB1 e seus efeitos na produção de anticorpos anti-CCP 5 Conclusões: Determinados alelos do locus DRB1 dos antigénios leucocitários humanos conferem suscetibilidade à doença, nomeadamente o alelo *0401, entre outros. Estes partilham a sequência de aminoácidos designada de shared epitope. Os alelos que não possuem a sequência referida, são considerados protetores. A presença do aminoácido ácido aspártico na posição 70 da terceira região hipervariável da cadeia DRB1 mostrou ter uma tendência protetora. Da mesma forma, os alelos do locus DRB1 dos antigénios leucocitários humanos com a sequência DERAA nas posições 70 a 74 da terceira região hipervariável demonstraram conferir proteção contra a doença. A produção de anticorpos anti-peptídeo cíclico citrulinado associa-se à presença de alelos do locus DRB1 dos antigénios leucocitários humanos, aumentando a suscetibilidade ao desenvolvimento de artrite reumatóide, no entanto, não foi possível inferir uma relação de causalidade direta entre ambos os fatores.
Description: Trabalho final de mestrado integrado em Medicina área científica de Reumatologia, apresentado á Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/48285
Rights: openAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese Ana Batista(1).pdf1.53 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

151
checked on Sep 14, 2020

Download(s) 50

562
checked on Sep 14, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.