Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/48072
Title: Bases celulares e moleculares do envelhecimento
Authors: Esteireiro, Ana Sofia Medeiros 
Orientador: Veríssimo, Manuel Teixeira Marques
Vieira, Luisa Maria Quental Mota
Keywords: Envelhecimento; Células; Idoso; Longevidade
Issue Date: Mar-2013
Abstract: Nas sociedades modernas como a nossa, cada vez mais ligadas à informação e ao conhecimento, a biologia e a genética do envelhecimento constituem áreas científicas de relevo, uma vez que a esperança de vida das populações tem vindo a aumentar. O envelhecimento é um processo inerente a todos os seres vivos, caracterizado pela diminuição da capacidade de resposta orgânica a novos desafios. A genética destaca-se como uma das áreas que tem contribuído, de modo significativo, para entender a entidade biológica a que denominamos idoso. Nos últimos anos, os avanços das técnicas de genética e de biologia celular e molecular possibilitaram identificar algumas das vias implicadas na longevidade. A integração deste conhecimento com os resultados obtidos noutras áreas biomédicas, como as neurociências, tem permitido compreender as causas do envelhecimento. Neste artigo, será abordado o fenótipo e as patologias associadas ao envelhecimento, com breve referência às síndromes progeróides. Além disso, serão discutidas as teorias explicativas do processo de envelhecimento, bem como os principais fatores indutores de senescência celular e suas consequências.
In modern society’s like ours, with constant uprising in knowledge and information, cellular biology and aging play an important role on scientific research since our societies and individuals live longer. Aging is a constant process that every organism experience, and decreases organic response to new environmental challenges. Genetics steps forward and performs a crucial role on our knowledge about the biological entity that we call elderly. Over the last years technological breakthroughs in genetics and also on cells and molecular biology allow us to understand better the paths that lead us to longevity. The integration of this knowledge with other fields of neuroscience allows us to understand the causes of aging. In this article it will be debated the phenotype and diseases associated with aging and a brief reference to progeroid syndromes. Beyond that it will be discussed the main theories that explain the aging process, the factors behind cellular senescence and its consequences.
Description: Trabalho final de mestrado integrado em Medicina área científica de Geriatria, apresentado á Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/48072
Rights: openAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
TESE BCMenvelhecimento.pdf3.42 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

492
checked on Oct 14, 2021

Download(s) 10

2,602
checked on Oct 14, 2021

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.