Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/47341
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorFigueiras, Ana Rita Ramalho-
dc.contributor.authorMacedo, Ana Mafalda Brandão-
dc.date.accessioned2018-02-01T12:43:08Z-
dc.date.available2018-02-01T12:43:08Z-
dc.date.issued2016-09-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10316/47341-
dc.descriptionMonografia realizada no âmbito da unidade de Estágio Curricular do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas, apresentada à Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbrapor
dc.description.abstractAs ciclodextrinas (CDs) poderão ser encaradas como valiosas ferramentas multifuncionais que têm vindo a ser extensivamente usadas na indústria farmacêutica. A sua bioadaptabilidade e versatilidade conferem-lhes a capacidade de atenuar propriedades indesejáveis dos fármacos mediante formação de complexos de inclusão ou conjugação. Inicialmente consideradas como excipientes farmacêuticos, as CDs rapidamente demonstraram elevado potencial para evoluir sendo utilizadas em áreas de investigação mais promissoras onde urge a necessidade de técnicas inovadoras. Um exemplo concreto é a terapia anticancerígena onde a investigação e a inovação são dotadas de um papel crucial para que se obtenha a máxima eficácia e o mínimo de efeitos secundários possíveis. Atualmente, várias evidências demonstram que as CDs não são apenas excipientes, tendo aplicações nas mais variadas áreas, demonstrando vantagens na sua utilização. A sua estrutura e propriedades muito particulares permitem-lhes ter aplicações únicas que podem vir a revolucionar diferentes e variadas terapêuticas. Existem várias evidências que comprovam o uso das CDs na terapia anticancerígena, funcionando como prófarmacos para vectorização para um alvo terapêutico ou funcionando como promotores da estabilidade, solubilidade e das características físico-químicas dos fármacos. Assim, o principal objetivo deste trabalho é realizar uma abordagem ao uso promissor das CDs na terapia anticancerígena, esclarecendo se este assunto se trata de um facto (realidade) ou de apenas um mito. Aqui, as CDs apresentam o papel principal pois a intenção é verificar se elas próprias são dotadas de atividade anticancerígena. Inicialmente, será feita uma contextualização dos aspetos principais relacionados com as CDs, que se tornam importantes para introduzir vários conceitos relacionados com o tema e compreender a sua estrutura e aplicações terapêuticas. Posteriormente serão apresentadas algumas aplicações terapêuticas das mesmas, sendo alvo de destaque a atividade anticancerígena, como referido anteriormente. Por fim, serão apresentadas as perspetivas futuras da utilização das CDs e conclusões do trabalho.por
dc.description.abstractCyclodextrins (CDs) can be considered a valuable and multifunctional tool, being extensively used in the pharmaceutical industry. Their bio-adaptability and versatility are very important parameters, since these characteristics have influence on its ability to mitigate the undesirable properties of the drugs, through the formation of inclusion complexes or conjugation. Initially, regarded as simple pharmaceuticals excipients, CDs fastly demonstrated high potential to evolve, being used in the most promising areas of research, in which there is an urgent need for new strategies. A concrete example is cancer therapy, where research and innovation are endowed with a crucial role in order to obtain maximum efficiency and minimum side effects. Currently, several evidences show that the CDs are not only excipients, but can also be used for other applications in several areas, which demonstrate the advantages of these compounds. Thus, the particular structure and properties of CDs allow a unique range of applications that may well revolutionize different and several therapeutic strategies. Regarding this, there are several studies demonstrating the use of CDs in cancer therapy, in which these compounds act as prodrugs that vectorize drugs for a target site or promote drug solubility and stability by inclusion complexes formation. Thus, the aim of this work is to approach the promising use of CDs in cancer therapy, clarifying whether this matter it is a fact (reality) or just a myth. Here, they have the lead role since the intention of this work is to check if these molecules have anticancer activity. Firstly, it will be presented an introduction about the main aspects related to the CDs once it is important taken into account various concepts, as well as, to understand the structure and therapeutic applications of these molecules. Secondly, it will be presented some therapeutic applications of cyclodextrins, highlighting the anticancer activity of CDs, as it was said before. Finally, it will be presented the future prospects of CDs utilization and conclusions.por
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectCiclodextrinaspor
dc.subjectFarmacologiapor
dc.subjectNeoplasiaspor
dc.subjectAntineoplásicospor
dc.titleA atividade anticancerígena das ciclodextrinas : realidade ou ficção?por
dc.typeotherpor
degois.publication.locationCoimbrapor
thesis.degree.nameMestrado Integrado em Ciências Farmacêuticaspor
item.fulltextCom Texto completo-
item.languageiso639-1pt-
item.grantfulltextopen-
crisitem.advisor.deptFaculdade de Farmácia, Universidade de Coimbra-
crisitem.advisor.researchunitCNC.IBILI-
crisitem.advisor.orcid0000-0001-8170-1113-
Appears in Collections:FFUC- Teses de Mestrado
Files in This Item:
File Description SizeFormat
M_Mafalda Macedo.pdf1.96 MBAdobe PDFView/Open
Show simple item record

Page view(s)

275
checked on Oct 20, 2020

Download(s) 50

257
checked on Oct 20, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.