Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/47019
Title: Cronoterapia no tratamento da hipertensão arterial
Authors: Varela, Nádia Daniela Lopes 
Orientador: Santos, Sónia Alexandra Pinto Ribeiro da Silva
Keywords: Hipertensão; Cronoterapia
Issue Date: Jul-2016
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: A hipertensão arterial é uma patologia crónica bastante comum na atualidade, podendo ser considerada um problema de Saúde Pública. Na maioria dos casos, desconhece-se a causa da hipertensão arterial, contudo vários fatores podem estar associados à elevação da pressão arterial, como por exemplo o consumo de alimentos ricos em sal, o sedentarismo, o tabagismo, a obesidade e a história familiar. O diagnóstico da hipertensão arterial passa pela medição da pressão arterial, um método bastante simples, rápido e indolor, que deve ser repetido em diferentes circunstâncias e durante um determinado período de tempo para se realizar o diagnóstico correto e tomar as decisões terapêuticas mais pertinentes. A pressão arterial exibe variações ao longo de 24 horas, como resultado da combinação de fatores endógenos e exógenos. Tendo em conta o ritmo circadiano da pressão arterial os indivíduos podem ser classificados em dippers ou não-dippers, estando estes últimos associados a um maior risco cardiovascular. A cronoterapia constitui uma estratégia terapêutica que consiste em ajustar a administração de fármacos em função do ritmo circadiano. De acordo com vários estudos, a administração de um ou mais anti-hipertensores antes de dormir está frequentemente associado a uma redução do perfil não-dipper nos portadores de hipertensão e a um melhor controlo da doença.
Nowadays arterial hypertension is a quite common chronic medical condition and it may be considered a public health problem. In most of the cases the cause of hypertension is unknown; nevertheless, several factors may be associated with the increase of blood pressure, such as eating foods high in salt, physical inactivity, smoking, obesity and family history. Hypertension diagnosis is made on the basis of blood pressure measurement, a quite simple, quick and painless method, that should be repeated in different circumstances and during a certain period of time in order to make the right diagnosis and take the necessary therapeutic measures. Blood pressure varies over the 24-hour cycle, due to a combination of endogenous and exogenous factors. Individuals may be categorised as dippers and non-dippers according to the circadian rhythm of blood pressure, being non-dipping patients associated to a higher cardiovascular risk. Chronotherapy is a therapeutic strategy that consists of adjusting the administration of medication according to the circadian rhythm. Taking into account several studies dosing one or more antihypertensive medications at bedtime is often associated with a reduction of the non-dipper blood pressure profile and with a better control of the disease.
Description: Monografia realizada no âmbito da unidade de Estágio Curricular do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas, apresentada à Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/47019
Rights: openAccess
Appears in Collections:FFUC- Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
M_Nadia Varela.pdf1.25 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 10

829
checked on Sep 21, 2020

Download(s) 20

876
checked on Sep 21, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.