DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorFerreira, Jaime Alberto do Coutoen_US
dc.date.accessioned2008-12-05T11:39:13Z-
dc.date.available2008-12-05T11:39:13Z-
dc.date.issued1989-10-11en_US
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10316/462-
dc.descriptionTese de doutoramento em Economia (Estruturas Sociais da Economia e História Económica) pela Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra-
dc.description.abstractA produção, circulação e venda de cereais conheceu em Portugal, como na generalidade dos países europeus, dois grandes períodos, separados pelo séc. XVIII. Na primeira fase, as dificuldades na produção agrícola, a insuficiência das vias de comunicação, a debilidade do comércio interno e externo, obrigaram à intervenção dos poderes citadinos no abastecimento e a actividade mercantil, por razões sociais, mentais e políticas foi fortemente condicionada. Mas à medida que se avançou para meados do séc. XVIII, a maior eficácia do comércio externo e da produção agrícola levou à inversão dessa tendência e a dinâmica do mercado acabou por ser legitimada (através da reflexão dos primeiros economistas) e por forjar um novo enquadramento legal que colocou o abastecimento em termos de política de Estado e da aceitação o princípio da liberdade comercial. Todavia, em finais do primeiro quartel do séc. XIX o aumento da oferta de cereais no comércio interno e externo, levou a que as cerealiculturas nacionais exigissem e obtivessem políticas proteccionistas. Foi neste quadro, em que se efectuaram importantes mutações agrícolas, comerciais, demográficas, mentais e políticas, que se passou de uma estrutura produtiva de farinhas tradicional, que recorria ao moinho hidráulico e de vento, para a indústria moageira. O estudo dos seus primeiros passos, do desaparecimento gradual dos velhos moinhos e da hesitante afirmação de novas estruturas com uma crescente capacidade produtiva de farinha elucida-nos sobre alguns importantes aspectos da nossa industrialização.en_US
dc.language.isoporpor
dc.rightsembargoedAccesseng
dc.subjectEstruturas Sociais da Economia e História Económicaen_US
dc.titleQuestões de abastecimento de cereais e farinhas na abertura da contemporaneidade portuguesaen_US
dc.typedoctoralThesisen_US
item.fulltextCom Texto completo-
item.grantfulltextopen-
Appears in Collections:FEUC- Teses de Doutoramento
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ficheiro_temporario.pdf8.8 kBAdobe PDFView/Open
Show simple item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.