Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/45572
Title: Alterações da substância branca relacionadas com o envelhecimento
Authors: Martins, Joana Inês Carvalho dos Santos Figueiredo 
Orientador: Gonçalves, António Freire
Keywords: Envelhecimento; Leucoaraiose
Issue Date: 2011
Abstract: Introdução - As Alterações da Substância Branca Relacionadas com o Envelhecimento traduzem um fenómeno imagiológico cerebral da população idosa e são apontadas como causa importante de defeito cognitivo e demência vascular. Têm uma localização subcortical e são evidenciadas como áreas de hipodensidade na Tomografia Axial Computadorizada e de hiperintensidade nas imagens da Ressonância Magnética Nuclear ponderada em T2. Objectivos – Com este trabalho, pretendemos realizar uma revisão da literatura sobre as Alterações da Substância Branca Relacionadas com o Envelhecimento, em particular os factores de risco, os mecanismos etiopatogénicos, as manifestações clínicas, o diagnóstico e o prognóstico, procurando avaliar a sua importância. Nesse sentido, fizemos uma pesquisa em bases de dados bibliográficas, nomeadamente a Pubmed e a Medline, sublinhando os trabalhos que nos pareceram mais importantes. Desenvolvimento – A sua incidência e prevalência estão relacionadas com a idade, aproximando-se dos 100% na oitava década da vida. Apesar de ser conhecida a sua relação com a doença vascular, a etiopatogenia destas lesões não está claramente esclarecida, sendo a isquémia crónica cerebral, por doença de pequenos vasos das artérias perfurantes cerebrais, a hipótese mais aceite. Recentemente, o refluxo venoso jugular e consequente isquémia de origem venosa têm sido apontados como outra causa possível deste fenómeno. Os factores de risco vascular parecem estar implicados no desenvolvimento e evolução das lesões e a hipertensão arterial, a diabetes mellitus e antecedente de acidente vascular cerebral assumem o papel mais importante. Em termos anatomo-patológicos, estes achados imagiológicos correspondem a áreas de enfarte incompleto, de edema e de gliose, associadas a desmielinização e palidez da substância branca, com perda axonal associada. Apesar da investigação intensa em torno de marcadores biológicos capazes de auxiliar o diagnóstico desta entidade, a inexistência de um biomarcador específico reflecte a falta de esclarecimento em torno da sua génese. O significado clínico desta entidade permanece incerto. O defeito cognitivo, as perturbações motoras e da motivação, a depressão e a disfunção urinária são as principais manifestações clínicas associadas e são, também, os principais factores que contribuem para a perda da independência funcional e menor qualidade de vida do idoso. Conclusão – Do ponto de vista clínico, estas alterações constituem uma entidade patológica com impacto profundo na qualidade de vida no contexto de uma sociedade envelhecida. Por este motivo, a interpretação destas alterações como achados clinicamente significativos por parte da comunidade médica é fundamental e o esclarecimento dos mecanismos e precipitantes é imperativo, no sentido do desenvolvimento de uma abordagem preventiva e terapêutica eficaz.
Introduction - Age-Related White Matter Changes reflect a cerebral imaging finding in the elderly and are referred to as an important cause of cognitive decline and vascular dementia. Corresponding to subcortical lesions, these changes are revealed as areas of hipodensity in the computerized axial tomography and of hiperintensity in T2-weighted magnetic resonance imaging. Objectives - Through this study, we aim to accomplish a literature review about Age-Related White Matter Changes, particularly risk factors, etiopathogenic mechanisms, clinical characteristics, diagnosis and prognosis, in order to assess their relevance. Thus, a research based on bibliographic database, namely Pubmed and Medline, has been performed, identifying the most relevant studies. Development – Both incidence and prevalence are related to age, reaching 100% from the age of 80. Although the known relationship with vascular diseases, the etiopathogenesis of these lesions is not yet entirely understood, being chronic cerebral ischemia, due to small-vessel disease of the perforating cerebral arteries, the most generally accepted cause. Recently, jugular venous reflux and consequent ischemia for venous origin have been identified as another possible cause. Vascular risk factors seem to have implications for the development and evolution of theses lesions, of which high blood pressure, diabetes mellitus and previous stroke assume an important role. In pathological terms, these imaging findings correspond to areas of incomplete infarction, edema and gliosis, related to demyelination and white matter paleness, with associated axonal loss. Although strong research on biomarkers capable of supporting this entity diagnosis has been carried out, the absence of a specific biomarker reflects the lack of knowledge about its cause. The clinical meaning of this entity remains uncertain. Cognitive deficit, motor and motivational changes, depression and urinary dysfunctions are the main clinical characteristics and also the main factors for functional disability and lower standard of living. Conclusion – From a clinical point of view, these changes constitute a pathologic entity with a deep impact on the standard of living in the context of an ageing society. For this reason, understanding these changes as significant clinical findings by the medical community is crucial and knowing the mechanisms and exacerbators is imperative, towards the development of an efficient preventive and therapeutic approach
Description: Trabalho final de mestrado integrado em Medicina área cientifica de Neurologia, apresentado à Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/45572
Rights: openAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Mestrado
UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Alterações da Substância Branca Relacionadas com o Envelhecimento.pdf515.92 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

696
checked on Sep 28, 2022

Download(s) 1

18,406
checked on Sep 28, 2022

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.