Title: Que mães/futuras mães utilizam a internet para questões relacionadas com saúde mental?
Other Titles: Which mothers/expecting mothers use the internet for questions related to mental health?
Authors: Alves, Stephanie 
Fonseca, Ana 
Canavarro, Maria Cristina 
Pereira, Marco 
Keywords: eHealth;Internet;Período perinatal;Saúde mental
Issue Date: Apr-2016
Citation: Alves, S., Fonseca, A., Canavarro, M. C., & Pereira, M. (2016). Que mães/futuras mães utilizam a Internet para questões relacionadas com saúde mental? Psicologia, Saúde & Doenças, 17(1), 82-88. doi:10.15309/15psd170112
Abstract: Com o desenvolvimento de novas tecnologias de informação e comunicação, a procura de informação sobre saúde na internet tem vindo a crescer. O objetivo deste estudo foi caracterizar o padrão de utilização de Internet para questões relacionadas com saúde e saúde mental de mulheres no período perinatal e analisá-lo em função de características sociodemográficas, clínicas e de literacia em eHealth. Neste estudo online, transversal e quantitativo, participaram 546 mulheres no período perinatal (57% no pós-parto). Foram recolhidos dados sociodemográficos, clínicos e de utilização de Internet para questões de saúde, e preenchidas a Escala de Depressão Pós-Parto de Edinburgh e a Escala de Literacia em eHealth. A maioria das participantes já utilizou a Internet para pesquisar sobre sintomas psicopatológicos (59.9%), mas menos sobre opções de tratamento (33.5%) ou profissionais de saúde (27.5%), e poucas interagiram com estes online (6%). As participantes com história prévia de problemas ou tratamento psicológicos/psiquiátricos, tratamento psicológico/psiquiátrico atual, níveis superiores de sintomatologia depressiva e literacia em eHealth, reportaram maior probabilidade de utilizar a internet para comportamentos de pesquisa de informação e interação relacionados com saúde mental. A maioria das mães/futuras mães recorre à internet para obter informação sobre saúde mental, nomeadamente aquelas com presença ou história prévia de dificuldades emocionais. Os profissionais de saúde deverão discutir a informação acedida por estas mulheres, para garantir a sua qualidade e adequada compreensão. Abordagens eHealth complementares podem ser vantajosas no contexto de saúde português.
URI: http://hdl.handle.net/10316/44941
DOI: 10.15309/16psd170112
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Artigos em Revistas Nacionais
I&D CINEICC - Artigos em Revistas Nacionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016 Que mães futuras mães utilizam a Internet para saúde mental.pdf591.25 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.