Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/447
Title: A taxa de juro overnight e a sua volatilidade : o caso do mercado monetário interbancário português, antes e após a implementação da moeda única
Authors: Murta, Fátima Teresa Castelo Assunção Sol 
Orientador: Fonseca, José Alberto Soares da
Keywords: Desenvolvimento e política económica; Economia
Issue Date: 8-Jun-2006
Citation: Sol, Fátima - A taxa de juro overnight e a sua volatilidade : o caso do mercado monetário interbancário português, antes e após a implementação da moeda única. Coimbra, 2005.
Abstract: Os mercados interbancários de reservas desempenham um papel importante: é através deles que as instituições bancárias gerem a sua liquidez, é neles que se formam as taxas de juro de curto prazo, em especial a taxa de juro overnight, que influencia toda a estrutura de prazo das taxas de juro e que é, em muitos casos, a taxa de juro que o banco central controla, de modo a influenciar as outras taxas de juro da economia. O objectivo deste trabalho é estudar o Mercado Monetário Interbancário Português (MMI) e a forma como nele se determina e comporta a taxa de juro overnight em dois períodos distintos, antes e depois do início da terceira fase da UEM. Depois de analisar as características do mercado e dos instrumentos da Política Monetária Única, em vigor a partir de Janeiro de 1999, o trabalho desenvolve-se em três abordagens distintas, com vista à compreensão do funcionamento do mercado e da formação da taxa de juro overnight e da sua volatilidade. Em primeiro lugar, analisamos como é que a oferta de liquidez, pelo BCE, bem como a sua política de comunicação, condiciona a taxa de juro do mercado. Em segundo lugar, estudamos a procura de reservas pelas instituições bancárias e o modo como a alteração das características dos sistemas de constituição de reservas, em particular a introdução do sistema de constituição de reservas mínimas da Política Monetária Única, afecta a volatilidade da taxa de juro overnight. Finalmente, em terceiro lugar, recorrendo a abordagens desenvolvidas pela teoria da microestrutura dos mercados, estudamos o comportamento da taxa de juro overnight do MMI, e da sua volatilidade, ao longo da sessão diária de mercado comparando os dois períodos de tempo já referidos. Este trabalho, de índole eminentemente empírica, segue um nível de pormenorização crescente, até à utilização de dados individuais dos empréstimos do MMI, concluindo-se, que a Política Monetária Única contribuiu para a flexibilização da gestão de reservas pelos bancos portugueses e para a estabilização da taxa de juro overnight.
Description: Tese de doutoramento em Economia, especialização em Política Monetária e Financeira apresentada à Fac. de Economia de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/447
Rights: openAccess
Appears in Collections:FEUC- Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese_FatimaSol.pdf2.5 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 20

641
checked on Sep 21, 2020

Download(s) 20

985
checked on Sep 21, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.