Title: João de Castro Osório: tragédia e política
Authors: Rodrigues, Alia 
Issue Date: 2012
Publisher: Imprensa da Universidade de Coimbra
Abstract: Com apenas dezanove anos, publica o Manifesto Nacionalista (1919), integra depois o Centro Sidónio Pais, fundando o Nacionalismo Lusitano em 1923 e chega a dirigir o jornal A Ditadura. Periódico do Fascismo Português. Em 1924, prefacia os discursos de Sidónio e chega a colaborar no golpe de 1926. Abandona nesta altura a actividade política, pendura a espada, mas continua a manejá-la, desta vez, através da pena, firmando, com a política, um compromisso estético. Este fascio reaparece, mais tarde, como escritor solicitado pelo SNI que lhe encomendava estudos sobre o pensamento político, história e literatura portuguesas. Em 1936, ano em que integra a Legião Portuguesa, redige a peça Trilogia de Édipo. Conhecidos os percursos biográficos, ideológico e estético do autor, ficaram abertos os caminhos para o entendimento desta obra. Há muito que Tirésias anunciava o advento deste Édipo, que o elevou até ao alto da escadaria, transformando-o no herói humano - em vez da "vítima" dos antigos -, iniciador do Novo Humanismo.
URI: http://hdl.handle.net/10316/44671
ISBN: 978-989-26-0162-5
DOI: http://dx.doi.org/10.14195/978-989-26-0581-4
Rights: closedAccess
Appears in Collections:I&D CECH - Livros

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
preview.pdf540.02 kBAdobe PDFView/Open    Request a copy
Show full item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.