Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/41469
Title: Auditorias Energéticas de acordo com o DL 34/2011 no âmbito da instalação de sistemas de minigeração solar fotovoltaica (Projeto em Colaboração com a empresa SINERGIAE
Authors: Costa, Pedro Câmara
Orientador: Almeida, Aníbal Traça Carvalho de
Keywords: Economia da energia
Energia fotovoltaica
Issue Date: Jan-2013
Abstract: Atualmente, a discussão de temas como a crise económica mundial, o aquecimento global, o preço e o esgotamento dos combustíveis fósseis, contribuem para a construção de um futuro sustentado pela utilização de energias renováveis, cujos impactos ambientais são nulos. Das diferentes fontes de energia renovável, a energia solar é a mais promissora uma vez que aproveita a energia gerada pelo Sol, tanto como fonte de calor ou de luz. A conversão da energia solar em energia elétrica é feita através de sistemas fotovoltaicos. Na União Europeia, Portugal é um dos países com maior potencial de aproveitamento de energia solar, a seguir à Grécia e à Espanha. Sendo assim, o desenvolvimento do setor fotovoltaico será importante, na medida em que contribui para o desenvolvimento da economia e na redução da dependência energética nacional. Desta forma, foram criadas estratégias necessárias para o seu crescimento. Entre elas, está a criação do DL nº34/2011, que define as normas necessárias à instalação de sistemas de minigeração fotovoltaica. O trabalho realizado no âmbito desta dissertação consiste na realização de auditorias energéticas segundo o Decreto de Lei 34/2011, de 8 de março, com vista à instalação de sistemas de minigeração, baseados na energia solar fotovoltaica. Através destas auditorias, pretendeu-se identificar as oportunidades de racionalização de consumo, que contribuem para uma melhoria significativa dos consumos energéticos, e identificar algumas condicionantes técnicas e legislativas à instalação dos sistemas fotovoltaicos
Nowadays, the discussion of topics such as the global economic crisis, global warming, the price and the depletion of fossil fuels, contribute to building a sustainable future based on renewable energy, with no environmental impacts. From the different sources of renewable energy, solar energy is the most promising, since this energy generated by the Sun, can be used as a source of heat or light. The conversion of solar energy into electrical energy is through photovoltaic systems. In the European Union, Portugal is one of the countries with a great potential for harnessing solar energy, behind Greece and Spain. Thus, the development of the photovoltaic industry will be important, as it contributes to the development of the economy and reduction of national energy dependence. Thus, some necessary strategies were created for their growth. Among them is the creation of Decree-Law 34/2011, which defines the rules for the installation of minigenaration photovoltaic systems. The work done in this dissertation consists of performing energy audits under Decree Law 34/2011, of March 8, with a view to installing minigeneration systems, based on photovoltaic solar energy. The main objective of these audits was to identify opportunities for rationalization of consumption, contributing to a significant improvement in energy consumption, and identifying some technical and legislative constraints to the installation of PV systems
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10316/41469
Appears in Collections:FCTUC Eng.Electrotécnica - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_Pedro Costa_2012_2013.pdf1.52 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.