Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/38676
Title: Avaliação da determinação experimental do coeficiente de transmissão térmica com recurso à Termografia
Authors: Riachos, Joana Raquel Raimundo 
Orientador: Simões, Nuno Albino Vieira
Simões, Maria Inês Vieira
Keywords: Comportamento térmico de edifícios; Termografia por infravermelhos
Issue Date: 21-Jul-2014
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Na União Europeia (UE), quase 40% do consumo final de energia é atribuível à habitação. A Europa 2020 define como metas, que as emissões de gases com efeito estufa deve ser 20% menor, 20% da energia deve ser proveniente de fontes renováveis e um aumento da eficiência energética em 20%. Com estes objectivos definidos, considera-se importante um adequado conhecimento do consumo de energia em edifícios. De forma a compreender o desempenho térmico das envolventes dos edifícios, em particular durante as auditorias energéticas e processos de certificação, tem vindo a tornar-se importante o uso de técnicas que permitam aferir o coeficiente de transmissão térmica (U) das soluções construtivas. A determinação do valor de U tem-se revelado um desafio sempre que a constituição da solução construtiva é desconhecida. Nestes casos pode ser estimado, por exemplo, através da técnica dos termofluxímetros ou por aplicação da técnica de termografia infravermelha (IRT). A IRT consiste na aplicação de uma técnica, com ausência de contacto, em relação à superfície em estudo, que recorre a um dispositivo de aquisição de radiação infravermelha para adquirir imagens térmicas. Uma vez que todos os corpos emitem radiação infravermelha em quantidade proporcional à quarta potência da sua temperatura e emissividade da sua superfície, é possível, através desta técnica, estimar as temperaturas superficiais. Assumindo um regime permanente essas temperaturas superficiais, em simultâneo com a temperatura ambiente, podem ser usadas para estimar a transmissão térmica através de soluções construtivas. Neste trabalho é avaliada a aplicação da técnica de termografia infravermelha para determinação da resistência térmica de soluções construtivas compostas por uma camada ou multicamada. Para este efeito são consideradas três expressões alternativas para estimar o valor de U. Os coeficientes estimados com o apoio da técnica de IRT são comparados com os calculados de acordo com a ISO 6946:2007 e também com os obtidos com termofluxímetros.
In the European Union (EU), almost 40% of energy consumption is attributable to housing. Europe 2020 sets as goals, among others, that emissions of greenhouse gases should be 20% less than in 1990, 20% of energy should come from renewable sources and increased energy efficiency by 20%. With these objectives, it is considered important to understanding the energy consumption of buildings. In order to understand the thermal performance of the surrounding buildings, in particular for energy audits and certification processes, has become important to use techniques to obtain the value of heat transfer coefficient (U) in constructive solutions. The determination of the U-value, has proved a challenge when the constitution of the constructive solution is unknown. In such cases, it maybe estimated, for example, through the technique of heat flux sensors or by applying infrared thermography (IRT). The IRT, the application of this technique, with no contact to the surface under study, which uses an acquisition device to acquire infrared thermal imaging. All objects radiate energy that is proportional to the surface emissivity of the material and to the fourth power of the absolute temperature, it is possible using this technique to estimate the surface temperature Assuming a steady–state these surface temperatures with the surrounding temperature can be used to estimate the heat transfer through constructive solutions. In this work it was evaluated the technique of the infrared thermography to determine the thermal resistance of single-layers and multi-layers of constructive solutions. For this purpose are considered three alternatives to obtain the U-value. The coefficients obtain with those expressions are compared with the coefficients determined with ISO 6946:2007 and also with heat flow sensors.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Engenharia Civil apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/38676
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCTUC Eng.Civil - Teses de Mestrado
UC - Dissertações de Mestrado

Show full item record

Page view(s)

194
checked on Nov 28, 2022

Download(s) 50

458
checked on Nov 28, 2022

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.