Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10316/36708
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorVale, Francisco do-
dc.contributor.advisorMaló, Luísa-
dc.contributor.authorMonteiro, João Lucas Tavares-
dc.date.accessioned2017-02-13T09:34:39Z-
dc.date.available2017-02-13T09:34:39Z-
dc.date.issued2014-
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/10316/36708-
dc.descriptionTrabalho final do 5º ano com vista à atribuição do grau de mestre no âmbito do ciclo de estudos de Mestrado Integrado em Medicina Dentária apresentado à Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra.por
dc.description.abstractIntrodução: A Ortodontia moderna visa a elaboração de um diagnóstico e plano de tratamento segundo análises cefalométricas. É importante realizar estudos descritivos da população, para que os diagnósticos e planos de tratamento possam ser elaborados e adaptados segundo normas adequadas à população portuguesa infanto-juvenil. Objetivos: Caracterizar cefalometricamente variáveis esqueléticas, dento-esqueléticas e tegumentares da população infanto-juvenil portuguesa; avaliar o dimorfismo sexual, aquando da análise cefalométrica; comparar as normas cefalométricas resultantes deste estudo com outros estudos normativos da população portuguesa e outras populações, existentes na literatura atual. Materiais e Métodos: Após a definição dos critérios de inclusão e exclusão, foi analisada uma amostra constituída por 301 doentes (135 rapazes 166 raparigas) com idades compreendidas entre 4 e 14 anos. Foram realizadas análises cefalométricas a telerradiografias de perfil da face pelo método digital direto. Os dados foram analisados através de um software de análise estatística adequado, recorrendo ao teste t de student para avaliação do dimorfismo sexual; ao teste A-NOVA para comparações de variáveis entre grupos e testes de correlação de Pearson para correlacionar variáveis esqueléticas e dento-esqueléticas. Consideraram-se estatisticamente significativos valores para p<0,05. Resultados/Discussão: Após análise exaustiva entre variáveis esqueléticas, dento-esqueléticas e tegumentares verificou-se a presença de dimorfismo sexual no grupo etário dos 9 aos 14 anos. Verificaram-se fortes correlações entre diversos parâmetros em todas as classes esqueléticas. Conclusões: Após análise cefalométrica, não foram registadas diferenças relevantes na população descrita nesta investigação, comparativamente às populações amplamente descritas na literatura; É necessário realizar estudos adicionais, idealmente, por diferentes grupos de investigadores, para aferir corretamente o grau de extrapolação clínica dos resultados atuais. Introduction: The Modern Orthodontics aims to make a diagnosis and treatment plan based in cephalometric analysis parameters. It is extremely important to develop descriptive and comparative studies applied to specific populations, in order to make correct diagnoses and treatment plans, both adapted and personalized for juvenile Portuguese population. Objectives: The aim of this study is to characterize skeletal, dento-skeletal and soft tissue cephalometric variables of the Portuguese juvenile population; to evaluate sex differences and compare the cephalometric landmarks arised from this study with the current scientific literature. Materials and Methods: After defining the study inclusion and exclusion criteria, a sample of 301 patients aged between 4 and 14 years was analysed. Several lateral cephalograms were digitised by direct digital method and analysed by an appropriate statistical software, using the Student's t test to evaluate the sex differences. The test A-NOVA was used for comparisons between groups and Pearson correlation tests to correlate skeletal and dento-skeletal variables. A significance level of p<0,05 was used for statistical comparisons. Results / Discussion: After skeletal, dento-skeletal and soft tissue exhaustive analysis, it was verified the presence of sex differences in the patients aged between 9 and 14 years. There were strong correlations between various parameters in all skeletal classes. Conclusions: After cephalometric analysis, no significant differences were found in the population of this study, compared to other populations, as widely described in the literature. Additional studies are absolutely necessary, ideally made by different groups of researchers, in order to get a clinically extrapolation of the current results.por
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectPopulationspor
dc.subjectCephalometric landmarkspor
dc.subjectWits appraisalpor
dc.subjectDental-skeletonpor
dc.subjectANBpor
dc.subjectChildrenpor
dc.titleAnálise cefalométrica da população portuguesa infantil e juvenilpor
dc.typemasterThesispor
dc.identifier.tid201628970-
thesis.degree.nameMestrado Integrado em Medicina Dentáriapor
item.openairecristypehttp://purl.org/coar/resource_type/c_18cf-
item.openairetypemasterThesis-
item.cerifentitytypePublications-
item.grantfulltextopen-
item.fulltextCom Texto completo-
item.languageiso639-1pt-
crisitem.advisor.orcid0000-0003-2615-2929-
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado
FMUC Med. Dentária - Teses de Mestrado
Files in This Item:
File Description SizeFormat
tese reportorio joao lucas.pdftese reportorio joao lucas1.76 MBAdobe PDFView/Open
Show simple item record

Page view(s)

306
checked on Apr 9, 2024

Download(s)

233
checked on Apr 9, 2024

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.