Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/35751
Title: Os acontecimentos de vida na adolescência: estudo exploratório acerca do impacto dos acontecimentos de vida na adolescência e as suas consequências na vinculação percebida relativamente aos pais e aos pares
Authors: Marques, Liliana 
Orientador: Sá, Eduardo
Keywords: Adolescência; Puberdade; Transformações pubertárias; Acontecimentos de vida; Acontecimentos de vida potencialmente negativos; Vinculação
Issue Date: 2016
Serial title, monograph or event: Os acontecimentos de vida na adolescência: estudo exploratório acerca do impacto dos acontecimentos de vida na adolescência e as suas consequências na vinculação percebida relativamente aos pais e aos pares
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: O presente estudo tem como objetivo perceber se o impacto sentido pelos adolescentes é maior relativamente às transformações da puberdade ou à ocorrência de determinados acontecimentos de vida, e também avaliar de que forma é que a ocorrência dos referidos acontecimentos de vida afeta, ou não, o modo como os adolescentes percecionam a vinculação aos pais e aos pares. Desta forma, recorre-se a um estudo exploratório transversal, com uma abordagem de natureza quantitativa. Para tal, administrou-se um protocolo de investigação composto por: i) um consentimento informado, assinado pelos responsáveis legais dos adolescentes; ii) um questionário sociodemográfico; e iii) duas escalas de autorresposta: o IAVA e o IPPA. A primeira escala foi construída a propósito desta investigação e é dividida em duas partes diferentes. A primeira parte é relativa unicamente à ocorrência dos acontecimentos de vida em estudo, ao passo que a segunda parte se refere ao impacto dos acontecimentos de vida e das transformações da puberdade. A segunda escala pretende avaliar a qualidade da vinculação percebida relativamente aos pais e aos pares na adolescência, tendo em conta comportamentos cognitivos e estados emocionais sentidos pelo adolescente, que se referem à confiança, compreensão, respeito mútuo e acessibilidade/responsividade dessas figuras, que resultam na vinculação ou isolamento relativamente às mesmas (Armsden & Greenberg, 1987). A amostra é constituída por 120 adolescentes com idades compreendidas entre os 12 e os 18 anos. Os resultados obtidos na presente investigação evidenciam a importância da exploração desta temática, na medida em que os adolescentes inquiridos referem sentir-se mais afetados pelos acontecimentos de vida do que pelas transformações da puberdade. Por sua vez, a ocorrência de determinados acontecimentos de vida parece estar associada à perceção de vinculação sentida pelos adolescentes relativos às suas figuras de referência: pai, mãe e amigos.
The aim of the present study is to understand which of these has a higher impact on adolescents: the changes in puberty or the occurrence of certain life events. Another goal is to evaluate how the occurrence of those life events affects the way teens perceive attachment to parents and peers. This is a transversal and exploratory study with a quantitative approach. For this reason, the investigation protocol is composed by: i) informed consent signed by the teens’ legal guardians; ii) sociodemographic questionnaire and iii) two self-answered scale: IAVA and IPPA. The first scale was purposely made for this study, and it is divided in two different parts. The first part regards the occurrence of the life events we intend to study, and the second part regards the impact of the life events and the impact of puberty transformations. The second scale intends to evaluate the quality of the perceived attachment to parents and peers during adolescence, having in mind cognitive behaviors and emotional states felt by the adolescent, which refers to trust, comprehension, mutual respect and accessibility/responsiveness of the attachment figures, and results in the attachment or alienation adolescents’ perceive about them (Armsden & Greenberg, 1987). The sample is composed by 120 adolescents, with ages varying between 12 and 18 years old. The results obtained in this study reveal the importance of exploring this theme. In fact, the adolescents' responses showed they felt more affected by the life events than they did about puberty transformations. On the other hand, the occurrence of certain life events seems to be associated with the adolescents’ perceived attachment to their reference figures: father, mother and peers.
Description: Dissertação de mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde (Psicopatologia e Psicoterapias Dinâmicas), apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/35751
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
TESE MIP - Liliana Marques - 2016.pdf1.03 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 10

832
checked on Sep 21, 2020

Download(s) 50

226
checked on Sep 21, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.