Title: A especificidade da força muscular nos movimentos desportivos : um estudo em ginástica
Authors: Faro, Ana Maria Medeiros de Abreu 
Keywords: Ciências da Actividade Física;Força muscular -- ginástica desportiva
Issue Date: 12-Jul-1995
Abstract: Este estudo tem por objectivo determinar a relação entre valores de diferentes modalidades de força e níveis de performance em Ginástica. Os sujeitos que participaram neste estudo foram 14 estudantes de Educação Física, do sexo masculino, com uma média de idades de 18.9 anos (s. d.=2.1 anos). O estudo cinematográfico do Rolamento à Retaguarda com subida para Apoio Invertido (STUT) foi efectuado com registo simultâneo das forças produzidas pelos apoios das mãos numa plataforma de forças Kistler. Os parâmetros cinemáticos seleccionados para este estudo foram: tempos, trajectórias do centro de gravidade, velocidades do centro de gravidade, ângulos, deslocamentos angulares e velocidades angulares. Os resultados indicam que as variáveis mais importantes na execução do STUT são: o somatório dos desvios angulares no fim da fase 3, na posição de pino; tempo da fase 2 de abertura; velocidade vertical do Centro de Gravidade na fase 2; tempo na fase 3 de repulsão; deslocamento angular do ombro na fase 3; e a subida do Centro de Gravidade no fim do movimento. Em conjunto, elas explicam 80% da variação da performance do STUT. Ao comparar os resultados do STUT com os resultados dos 6 testes motores, só foi encontrada uma correlação significativa, enquanto que para as provas isocinéticas foram encontradas onze valores significativos. Estes resultados mostram a importância de se controlar a velocidade de execução, quando se comparam valores de força. A velocidade utilizada nas provas isocinéticas (210o.s-1) foi superior à velocidade angular dos movimentos correspondentes no STUT (143o.s-1 para a coxa e 117o.s-1 para o tronco). Deste estudo é possível concluir que a força tem idêntica específicidade no que respeita à velocidade e ao padrão de movimento e que só quando estas duas condições são semelhantes é possível predizer valores de performance nas modalidades desportivas.
The purpose of this study was to determine the relation between values of strength tests and performance in Gymnastics. The subjects used in this study were 14 physical education male students, with a mean age of 18.9 years (s.d.=2.1). Each subject performed three STUT placing the hands over a force platform (Kistler Inst., SW) and all trials were filmed using a cine camera (16 m/m Photo-Sonics Burbank, Ca., USA) at a speed of 100 frames per second. The best performance for each subject was studied. The frames were digitized (dig. table Houston Inst. TG-1017) with intervals of .03 seconds. Leg and arm extension were tested by means of motor and isokinetic tests. A Kim-Com II dynamometer (Kinetic Comunicator Exercise System mod. 500-S, Chattex Co.) was used at a speed of 210 degrees per second, for both concentric and eccentric forces. The findings indicate that the most important variables for a well performed STUT are: the sum of hip, shoulder, and elbow angles at the end of phase 3; phase 2 time; COG vertical velocity peak value phase 2; phase 3 time; shoulder angular displacement phase 3; and COG rise at the end of phase 3. Alltogether they explain 80% of the STUT performance. When comparing this STUT results with the 6 motor tests, only one significative correlation was found, while for the isokinetic tests we found a total of 11 significative values. No significative correlation was found between the motor and isokinetic test results. These results show the importance of having identical angular velocities when comparing strength values. The velocity used on the isokinetic testing procedure (210 degrees/second), for the arm and leg extension, was greater then the mean velocities found, for the same movements (143 degrees/second leg and 117 degrees/second trunk), during the STUT performance. From this study we conclude that strength is so specific, that we can have predictor values for sport performances only when we use tests with similar patterns and angular velocities.
Description: Tese de doutoramento em Ciências do Desporto e Educação Física (Ciências da Actividade Física) apresentada à Fac. de Ciências do Desporto e Educação Física de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/354
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FCDEF - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ficheiro_temporario.pdf8.8 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.